Vovôs do crime: casal é preso com neta de 17 anos por tráfico na Serra

Polícia

Vovôs do crime: casal é preso com neta de 17 anos por tráfico na Serra

Eles foram presos durante uma operação no bairro Jardim da Serra. Outro suspeito também foi encontrado com 1.600 pinos para colocar cocaína vazios

Toda a droga foi apreendida durante a operação da polícia na região Foto: TV Vitória

Uma adolescente, de 17 anos, foi apreendida e os avós foram presos suspeitos de tráfico de drogas na Serra. De acordo com a polícia, o comportamento da menina também teve consequências para o homem, de 58 anos, e a mulher, de 54 anos.

“Me acusaram, pois acharam dentro da minha bolsa. Eu não ando com nada dentro da minha bolsa, só documento. Eu sei o que eu carrego na minha bolsa, mas ela estava guardada. Não fui eu que coloquei a droga lá”, contou a avó. 

A adolescente assumiu que os entorpecentes eram dela e disse que havia pedido para a avó guardar tudo na bolsa. “A droga é toda minha. Eu dei para ela guardar, porque eu não queria levar para a minha casa. Eu confio nela, por isso pedi para guardar”, afirmou a menina.

Segundo o avó da jovem, ele não sabia de nada. “Eu não fiz nada de errado e nem sei quem estava fazendo isso. Eu ia levantar para trabalhar e me tiraram da cama, e me mandaram deitar no chão. Os policiais reviraram tudo e falaram que eu estava com droga”, disse.

Além de 15 pinos de cocaína, policiais do Grupo de Apoio Operacional (GAO), da Polícia Militar, apreenderam uma munição de revólver calibre 38 e dinheiro, na casa da família, em Jardim da Serra.

A apreensão fez parte da operação que os policias realizaram no município. Em um dos quatro mandados de busca e apreensão, eles apreenderam mais de 1.600 pinos vazios e quatro pedras de crack com um jovem, de 28 anos. Renato Oliveira da Conceição também foi preso e levado para a delegacia, em Laranjeiras.

“Eu apenas guardava a droga para um colega meu e ele pagava o meu aluguel, pois eu estava sem emprego. Há três meses eu fazia isso. Eu sabia que era crime, mas na hora que você está precisando das coisas você faz, mas não vale a pena”, disse Renato.

As investigações da polícia apontam que a quadrilha seria uma das responsáveis pelo fornecimento de drogas na região de Serra-Sede. “Eles vinham querendo dominar o tráfico na região, tanto que eles estavam interligando quatro bairros, tentando ramificar. Acredito que foi uma pancada grande para eles”, informou o cabo Dutra da Polícia Militar. 

Pontos moeda