Foragida acusada de chefiar o tráfico em Pinheiros é presa em Nova Venécia

Polícia

Foragida acusada de chefiar o tráfico em Pinheiros é presa em Nova Venécia

Segundo a PM, Lilia Barbosa de Matos estava escondida na casa de familiares, na zona rural do município. Ele disse que recebeu indulto de sete dias, mas não voltou ao presídio

Acusada foi detida pela PM na zona rural de Nova Venécia Foto: Reprodução

Uma mulher de 31 anos, apontada pela polícia como chefe de uma quadrilha de tráfico de drogas em Pinheiros, no norte do Estado, foi presa em Nova Venécia. Segundo a Polícia Militar, Lilia Barbosa de Matos estava escondida na casa de familiares, localizada no Córrego do Cavalo, zona rural do município, na tarde de quinta-feira (21).

A acusada foi detida por policiais do Serviço Reservado do 2º Batalhão da PM e levada para a delegacia de Nova Venécia. Ainda de acordo com a PM, a mulher estava foragida da Justiça. Durante a prisão, ela contou que, há cerca de seis meses, recebeu um indulto de sete dias e não mais retornou ao presídio.

Segundo informações levantadas pela Polícia Militar, Lilia cumpria pena no presídio de Colatina por crime de tráfico de drogas e associação ao tráfico. Ela tinha sido presa pela PM em Pinheiros, no dia 1º de abril de 2011, durante uma operação que resultou na prisão de 12 pessoas, além de apreensão de armas de fogo, munições e grande quantidade de drogas.