Presos suspeitos de roubar carro e atirar contra o veículo em Cariacica

Polícia

Presos suspeitos de roubar carro e atirar contra o veículo em Cariacica

As vítimas pediram ajuda para policiais que estavam próximo ao local do crime. Foram quatro jovens detidos e levados para a delegacia do município

O carro da vítima foi atingido na porta do carona Foto: TV Vitória

Quatro jovens foram presos suspeitos de tentar roubar um carro em Cariacica. De acordo com a polícia, os suspeitos são de Guarapari e não conheciam bem a cidade, por isso cometeram o crime próximo a um Departamento da Polícia Militar.  

“Eu nasci de novo, foi isso que aconteceu. Foi Deus que me salvou e salvou a minha família”, afirmou uma das vítimas do crime.

O estudante saía de casa, acompanhado da namorada e do cunhado, quando foi abordado pelos suspeitos. “Dois indivíduos saíram pela porta de trás como se estivessem anunciando o assalto. Aí efetuaram um disparo na minha direção, onde pegou na porta do carona”, contou.

Quando ouviu o tiro, a vítima se desesperou. Acelerou carro e foi pedir ajuda aos policiais. Como era horário de troca de plantão, havia muitos policiais. Todos foram atrás dos suspeitos e em poucos minutos eles foram detidos. 

João Paulo dos Santos, de 18 anos, Jeferson Vinicio Silva, de 21 anos, Thiago Freitas Marinho e Samuel Alves Cecilia, ambos de 22 anos, foram levados para a Delegacia Regional de Cariacica. Lá eles disseram que não queriam roubar. 

“Nós íamos fazer a troca de um negócio, mas aí vieram dois carros atrás. Era a troca da arma. Nós íamos trocar por outra. Vinha um carro branco e outro preto atrás. Os caras dispararam para o nosso lado e nós disparamos também. Mas não roubamos nada. Depois vimos que atingiu o carro branco, mas não era com eles. Nós pedimos desculpa”, disse João Paulo.

Ainda na versão dos suspeitos, para fazer a troca da arma eles contrataram um motorista por um aplicativo de celular. O homem que prestava o serviço seria Samuel, mas a vítima afirma que foi exatamente ele, acompanhado de Thiago, quem a rendeu. Ainda segundo o estudante, Thiago foi quem teria atirado. Ele estava armado com um revólver calibre 38.

Os quatro suspeitos foram autuados e encaminhados para o Centro de Detenção Provisória de Viana.