• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Advogados de pastor querem perícia particular na casa onde irmãos morreram

Morte irmãos carbonizados

Polícia

Advogados de pastor querem perícia particular na casa onde irmãos morreram

Pedido foi protocolado junto à Polícia Civil nesta sexta-feira, mas ainda não há prazo para decisão. Defensores também tiveram acesso ao inquérito do caso.

Advogados querem a realização de uma perícia particular na casa onde aconteceu a tragédia

O grupo de advogados responsável pela defesa do pastor George Alves protocolou, nesta sexta-feira (04), um pedido, junto à Polícia Civil, para que seja realizado uma perícia particular na residência onde os irmãos Joaquim Alves Sales, de 3 anos, e Kauã Sales Burkovsky, de 6, morreram carbonizados, no último dia 21, em Linhares, norte do Estado.

Uma advogada que pertence a esse grupo informou que o delegado responsável pelo caso ainda não decidiu se essa nova perícia poderá ser realizada e também não deu previsão de quando essa decisão será tomada.

Até o momento, a Polícia Civil já realizou cinco etapas na perícia na casa onde ocorreu a tragédia. Em uma delas, os peritos encontraram, com o auxílio de luminol, vestígios de sangue no quarto dos dois irmãos. Também foi realizada uma perícia dentro do carro utilizado pelo pastor George - pai de Joaquim e padrasto de Kauã.

Inquérito

Os advogados que defendem George Alves estiveram na 16ª Delegacia Regional de Linhares, na tarde desta sexta-feira. Além de protocolarem o pedido para a realização da perícia particular na residência onde aconteceu a tragédia, eles conseguiram ter acesso a uma cópia do inquérito policial referente à investigação do caso.

Pastor George Alves está preso desde o último sábado, suspeito de atrapalhar as investigações

George está preso em uma cela separada no Centro de Triagem de Viana desde o último sábado (28), onde cumpre mandado de prisão temporária. A Justiça decretou a prisão do pastor por 30 dias, para evitar que ele atrapalhe nas investigações.

Reunião

Também nesta sexta-feira, porém no período da manhã, peritos e militares do Corpo de Bombeiros se reuniram com o delegado responsável pela investigação da morte dos dois irmãos, Romel Pio de Abreu Júnior. Também participaram da reunião o chefe do Departamento Médico Legal de Vitória, Vanderson Lugão, e o comandante do Corpo de Bombeiros de Linhares, Tenente Coronel Ferrari.

A reunião, que começou por volta das 9h30 e terminou pouco antes das 13 horas, foi realizada para traçar os novos passos da investigação.

Depoimentos

Na manhã de quinta-feira (3), a pastora Juliana Salles, mãe de Joaquim e Kauã, prestou depoimento na Delegacia Regional de Linhares. Após cerca de quatro horas, Juliana saiu da delegacia aos prantos e sem falar com a imprensa. No mesmo dia, também prestou depoimento um homem ligado à família e que seria dono do carro usado pelo pastor George Alves.

Juliana Salles prestou depoimento na Delegacia Regional de Linhares na quinta-feira