Fiscais de Vitória encerram festa clandestina em marina com cerca de 300 pessoas

Polícia

Fiscais de Vitória encerram festa clandestina em marina com cerca de 300 pessoas

O proprietário do estabelecimento, em Jardim da Penha, foi autuado e o som apreendido. A ação aconteceu na noite de sábado (1º)

Foto: Guarda Municipal de Vitória

Uma festa clandestina com 300 pessoas foi encerrada por fiscais da Prefeitura de Vitória e militares da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros na noite de sábado (1º), em uma marina no bairro Jardim da Penha, em Vitória. Eventos como esse estão proibidos pelo Governo do Espírito Santo por conta da pandemia do coronavírus. 

O operação integrada envolveu fiscais da Secretaria de Desenvolvimento da Cidade e Habitação (Sedec), do Disque-Silêncio da Secretaria de Meio Ambiente de Vitória (Semmam), Polícia Militar e Corpo de Bombeiros.

O Comitê integrado de combate à Covid-19, que reúne Secretaria de Desenvolvimento da Cidade e Habitação (Sedec), Secretaria de Meio Ambiente de Vitória (Semmam), Vigilância Sanitária, Guarda Municipal, Polícia Militar e Corpo de Bombeiros, já vistoriou mais de 1500 locais de 1° de janeiro deste ano até o último sábado (1º).