VÍDEO | Explosivos são encontrados em delegacia de Cariacica e esquadrão antibombas é acionado

Polícia

VÍDEO | Explosivos são encontrados em delegacia de Cariacica e esquadrão antibombas é acionado

Um policial fazia levantamento de objetos apreendidos quando encontrou dois explosivos em um depósito do 16º Distrito, no bairro Campo Grande

Dois explosivos de fabricação caseira foram encontrados, na tarde desta quarta-feira (25), no depósito da Delegacia da Mulher de Cariacica. O esquadrão antibombas da Polícia Militar foi acionado e detonou o artefato.

Segundo a Polícia Civil, um policial fazia um levantamento de objetos apreendidos que estavam em um depósito no 16º Distrito Policial quando localizou os dois explosivos.

Diante do possível risco, o esquadrão antibombas do Batalhão de Missões Especiais (BME) da Polícia Militar foi acionado. Foram quase duas horas de trabalho até a detonação dos dois artefatos. 

Foto: Reprodução TV Vitória

Os explosivos caseiros foram escaneados e na composição foram encontradas pólvora e esferas de metal. O cabo Thiago, do BME, explicou que o material era perigoso, de grande letalidade e que pode explodir facilmente pelo atrito.

"A princípio, a informação passada era que se desconfiava que tratava de um artefato explosivo, mas não tinham certeza. Pela semelhança, nós constamos que era um artefato caseiro, fabricado sem padrões. A solução que achamos mais viável foi destruir no local. Pelos explosivos que temos vistos no Espírito Santo, ele poderia explodir por atrito, poderia ser acionado se caísse, se balançasse", disse. 

Segundo a Polícia Civil, os artefatos foram apreendidos por policiais militares durante um patrulhamento no bairro Jardim de Alah, também em Cariacica, em 2017. Na época, apenas os explosivos foram apreendidos e não houve detidos. O material ficou quase cinco anos armazenado no depósito. 

Por causa do risco de explosão, os atendimentos na delegacia foram suspensos na tarde desta quarta-feira (25).

A reportagem do Folha Vitória entrou em contato com a Polícia Civil para saber por qual motivo os explosivos foram guardados no local por tanto tempo, mas ainda não tivemos retorno. O texto será atualizado quando recebermos um posicionamento. 

*Com informações da repórter Gabriela Valdetaro, da TV Vitória/Record TV.

Pontos moeda