• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Mãe que abandonou filho em apartamento é presa no Rio

  • COMPARTILHE
Polícia

Mãe que abandonou filho em apartamento é presa no Rio

Rio de Janeiro - Foi presa na madrugada desta terça-feira, 9, enquanto bebia em um bar em Copacabana, na zona sul do Rio, a mãe que abandonou o filho de sete anos dentro do apartamento na rua Roberto Dias Lopes, no Leme. Ao ser presa por agentes da 12ª Delegacia de Polícia (Copacabana), a mulher estava tranquila e não demonstrou saber da repercussão do crime.

"Ela disse: 'Meu filho está acostumado a ficar sozinho mesmo. Ele sabe se virar'", afirmou a delegada titular da unidade, Izabela Santoni. A mulher foi presa preventivamente por maus tratos e abandono. Ela não informou o que estava fazendo nos dois dias em que esteve sumida. A Polícia confirmou que a mulher tem um segundo filho, um adolescente de 17 anos que mora com a avó materna.

Na madrugada de segunda-feira, 8, o menino de sete anos precisou ser resgatado do 11º andar do edifício Titan por bombeiros com o auxílio de uma escada Magirus. Policiais militares, que acionaram os bombeiros do quartel de Copacabana, foram chamados por moradores do prédio.

A criança foi levada para a 12ª Delegacia de Polícia, em Copacabana, e lá, disse aos policiais que estava sozinha há dois dias e que não tinha comida em casa. Segundo uma moradora que não quis ser identificada, a mãe do garoto costuma gritar com ele e deixá-lo sozinho durante longos períodos. Segundo uma moradora que não quis se identificar, a mãe do garoto costuma gritar com ele e deixá-lo sozinho durante longos períodos.

O pai do menino deve chegar ao País na quinta-feira, 11. De acordo com a Polícia Civil, essa foi a promessa do holandês, que vive no México e trabalha em uma plataforma de petróleo, ao Conselho Tutelar, que acompanha o caso. No início da tarde de segunda-feira, a avó materna da criança se apresentou aos conselheiros. O garoto segue provisoriamente no abrigo Central Taiguara, em Del Castilho, na zona norte do Rio.