• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Chefe pede 'nudes' de menor aprendiz e é indiciado por assédio na Grande Vitória

Polícia

Chefe pede 'nudes' de menor aprendiz e é indiciado por assédio na Grande Vitória

A adolescente trabalhava na empresa há 11 meses e sofria assédio há 5 meses. A Polícia Civil chegou até a vítima após denúncia anônima feita em abril deste ano

O criminoso era chefe da menor e chegou a pedir "nudes", através de mensagem eletrônica  Foto: Divulgação/PC

Um funcionário de 31 anos de uma empresa privada da Grande Vitória foi indiciado pela Polícia Civil nesta quarta-feira (14) por assediar uma adolescente de 16, menor aprendiz na mesma empresa. O criminoso era chefe da menor e chegou a pedir "nudes" através de mensagem eletrônica.

Segundo o delegado da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA), Lorenzo Pazolini, o inquérito já foi encaminhado ao Ministério Público (MP).

De acordo com o delegado, a adolescente trabalhava na empresa há 11 meses e sofria assédio há 5 meses. A Polícia Civil chegou até a vítima após denúncia anônima, feita por meio do Disque 100, no dia 17 de abril deste ano. 

"Ela comentou que estava prestes a pedir desligamento da empresa, mas explicamos que ela é vítima na história e quem deve ser punido é o criminoso. Tranquilizamos ela e dissemos que a polícia iria ajudá-la", diz Pazolini.

Ainda segundo o delegado, não há confirmação sobre um possível suborno por parte do criminoso para crescimento da menor na empresa. "Ela era menor aprendiz e ele seu superior. Ele se utilizava dessa posição para cometer assédio, mas não prometia crescimento, nem contratação", finaliza.