Preso mais um suspeito de envolvimento nos roubos às agências dos Correios no ES

Polícia

Preso mais um suspeito de envolvimento nos roubos às agências dos Correios no ES

A ação foi deflagrada pela Delegacia de Combate a Crimes Contra o Patrimônio e Tráfico de Armas da Polícia Federal no Espírito Santo e marcou a 3ª Fase da Operação Mercúrio

A quadrilha cometeu roubos às agências dos Correios de Itarana, Vitória, Vila Velha e João Neiva Foto: ​Divulgação

Um homem de 28 anos foi preso acusado de ser associado do principal líder da quadrilha que cometeu roubos às agências dos Correios de Itarana, Vitória, Vila Velha e João Neiva, André Ventorim Sarmento, detido em 10 de maio deste ano no Rio de Janeiro. A prisão ocorreu na manhã desta quarta-feira (21), na casa do acusado, em Itapuã, Vila Velha.

A ação foi deflagrada pela Delegacia de Combate a Crimes Contra o Patrimônio e Tráfico de Armas (DELEPAT) da Polícia Federal no Espírito Santo (PF/ES) e marcou a 3ª Fase da Operação Mercúrio, que tem objetivo de combater o roubo às agências dos Correios. Segundo a PF, a operação contou com a participação de sete policiais federais.

Entenda o caso

De acordo com a Polícia Federal,  o preso é de classe média e foi responsável pelos roubos às agências da Itarana, Praia do Suá (Vitória), Vila Velha e João Neiva, sendo que chegou roubou a agência de Itarana duas vezes em um período de quatro meses.

O forma de ação do grupo criminoso é render os funcionários e clientes da empresa pública, aguardar o mecanismo de retardo do cofre para abri-lo e supostamente tranquilizar as vítimas dizendo que só querem o dinheiro do governo.

Estima-se que nesses crimes foram subtraídos R$ 200.000,00, além do prejuízo causado pelo abalo psicológico aos funcionários e clientes vítimas do crime, bem como os dias em que as agências permanecem sem atendimento ao público até recuperar a condição de funcionar adequadamente.