Suspeito de assassinato em Cachoeiro é preso durante ação no Litoral Sul

Polícia

Suspeito de assassinato em Cachoeiro é preso durante ação no Litoral Sul

O crime ocorreu em dezembro do ano passado e o suspeito teve a prisão preventiva decretada pela Justiça de Cachoeiro. Ele foi ouvido e encaminhado ao CDP do município

O lavador de carro foi assassinado a tiros quando seguia do trabalho para casa, em dezembro do ano passado, em Cachoeiro Foto: ​Wanderson Amorim/Aqui Notícias

Uma ação da Força Tática da Polícia Militar de Marataízes prendeu nesta sexta-feira (9), um suspeito do assassinato do lavador de carros Denaildo Rodrigues Madeira Júnior, conhecido como ‘Nuninho Madeira’, ocorrido em dezembro do ano passado, no bairro São Luiz Gonzaga, em Cachoeiro.

De acordo com o titular da Delegacia de Crimes Contra a Vida (DCCV), Guilherme Eugênio, responsável pelo caso, Alan Ventura Perim teve a prisão preventiva decretada pela Justiça do município e estava foragido. Ele foi ouvido e encaminhado ao Centro de Detenção Provisória (CDP) de Cachoeiro.

Denaildo foi surpreendido por dois suspeitos em uma moto quando seguia do trabalho para casa. Segundo o delegado, Alan, que estava de carona na moto, foi quem atirou contra a vítima. Sua motivação seria pela proximidade da vítima com sua companheira. Ele se juntou ao comparsa, que conduzia a moto e tinha como motivação e disputa de território de tráfico com Denaildo, para cometer o crime.

No dia do crime, Alan deixou cair no local seu aparelho celular, que foi encontrado por um familiar da vítima. No mesmo dia, a companheira fez contato com a pessoa que encontrou o telefone contando que o aparelho do namorado tinha sido roubado por dois suspeitos em uma moto. Sem saber que o telefone era do suspeito, a pessoa que o encontrou devolvei para namorada de Alan.

O suspeito e o comparsa foram indiciados pela DCCV pelo crime de homicídio.

Pontos moeda