• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

CPI dos Maus-Tratos quer acareação entre pastora e Georgeval Alves

Polícia

CPI dos Maus-Tratos quer acareação entre pastora e Georgeval Alves

Juliana Salles foi convocada pelo pelo senador Magno Malta (PR-ES), presidente da CPI

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) dos Maus-Tratos vai pedir uma acareação entre a pastora Juliana Salles, mãe de Joaquim Alves Sales, de 3 anos, e Kauã Sales Butkovsky, de 6 e o marido, Georgeval Alves. Juliana seria ouvida pela CPI nesta quinta-feira (14), em Brasília, no entanto, a advogada da pastora, Milena Freire, solicitou o adiamento da audiência. 

A mãe das crianças, que foram mortas em Linhares, foi convocada pelo pelo senador Magno Malta (PR-ES), presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) dos Maus-Tratos, na última quinta (7).  Segundo a assessoria de imprensa do senador, a expectativa é de que a audiência seja realizada até o início de julho. 

O pastor está preso temporariamente no Complexo Penitenciário de Viana desde o dia 28 de abril. No dia 25 de maio, ele prestou depoimento na CPI, que aconteceu em Vitória, com a presença do senador Magno Malta e do delegado Lorenzo Pazzolini.

Na ocasião, George negou participação na morte das crianças. "Eu sinto até hoje a dor, eu choro todos os dias pela morte dos meus filhos", disse durante o depoimento. "Eu não fiz isso, não matei os meus filhos", prosseguiu o pastor.