Homem ameaça atirar em criança de três anos durante assalto na Serra

Polícia

Homem ameaça atirar em criança de três anos durante assalto na Serra

A mãe do menino havia estacionado o carro para ir comprar um churrasquinho quando foi abordada pelo rapaz; suspeito fugiu com o veículo

Foto: Sindipol

Uma professora de 45 anos foi alvo de criminosos e teve o carro roubado no bairro Parque Residencial Laranjeiras, na Serra. A vítima estava com o filho de três anos quando foi abordada pelo suspeito. O homem ameaçou atirar na criança caso a mulher reagisse. 

No momento da abordagem, a mulher havia acabado de estacionar o carro em uma rua do bairro. Ela saiu do veículo, tirou o filho da cadeirinha, trancou a porta e foi comprar um churrasquinho. No trajeto até o ponto de venda do espetinho, a professora foi abordada por um homem que anunciou o assalto. O suspeito estava armado. 

O criminoso exigiu que a vítima não esboçasse nenhuma reação durante o trajeto de volta até o carro. Como algumas pessoas estavam por perto, a mulher fingiu estar tudo bem, pois o suspeito teria ameaçado atirar no filho dela. 

"Ele falou: 'A arma está na cabeça do seu filho. Se você der qualquer grito, qualquer movimento em falso, eu atiro na cabeça dele'. Eu só queria que ele pegasse a chave do carro logo para acabar com aquela situação". 

A vítima contou que, durante toda a ação, o filho ficou em silêncio e assustado. "Meu maior desespero era do meu filho ter alguma reação e ele atirar. Ele ficou quietinho o tempo inteiro. Só entrou em desespero quando o bandido saiu com o carro. Eu procurei ficar muito calma para não acontecer nada". 

De acordo com a mulher, o suspeito estava arrumado e bem vestido. Ele parecia um cidadão comum andando pela rua e, por isso, não chamou a atenção das pessoas.  

A mulher contou que o homem parecia não saber dirigir muito bem porque demorou para conseguir engatar a marchar ré do carro na fuga. O suspeito, segundo a vítima, fugiu em direção à Jacaraípe, na Serra. 

"Ele parecia estar tão nervoso que não conseguia sair. Tinha um carro estacionado na frente, então ele precisava dar ré para sair, mas ficou dando zig-zag", contou a vítima. 

No carro levado pelo suspeito estavam todos os documentos da professora, cerca de R$ 200, cartões de crédito e débito, além de um celular.

O veículo foi encontrado pela Guarda Municipal da Serra em uma avenida do bairro Feu Rosa, também na Serra. Ele foi encaminhado para o pátio da polícia. Na manhã desta sexta-feira (11), a professora esteve na Delegacia de Roubo e Furto de Veículos para acertarem toda a documentação do carro. 

A Polícia Civil informou que o caso segue sob investigação e, até o momento, nenhum suspeito foi detido. Os pertences da vítima que estavam no carro no momento do assalto não foram recuperados.

*Com informações da repórter Marla Bermudes, da TV Vitória/RecordTV