Mãe tem corpo incendiado na frente da filha de 2 anos em Cariacica

Polícia

Mãe tem corpo incendiado na frente da filha de 2 anos em Cariacica

Ex-marido é suspeito de incendiar o apartamento, que foi destruído pelas chamas; vizinhos arrombaram a porta de ferro e conseguiram retirar mãe e filha por um buraco

Redação Folha Vitória

Redação Folha Vitória
Foto: Reprodução TV Vitória

Uma jovem de 22 anos e a filha de apenas 2 anos foram vítimas de um incêndio em Cariacica. O apartamento onde elas moram ficou completamente destruído pelas chamas, após uma discussão entre a jovem e o ex-companheiro. As duas foram socorridas por vizinhos. 

Testemunhas contaram que o suspeito chegou no prédio e subiu as escadas até o segundo andar. Ao parar em frente a porta, começou a discussão. Neste momento é que ele teria aproveitado para jogar álcool liquido nas costas da ex-companheira. 

Uma mulher que preferiu não se identificar disse que o homem chegou ao local procurando primeiro pela irmã da vítima e só depois foi até a casa da ex. Os próprios vizinhos que socorreram a jovem e a filha dela. 

Segundo eles, a situação piorou quando, desesperada, ela tentou apagar as chamas se jogando no sofá. O fogo, então, acabou se espalhando. A criança viu a mãe em chamas e ainda correu para ajudá-la.

Foto: Reprodução TV Vitória

Resgate por buraco

A família da jovem acredita que ela e a filha só não morreram porque os vizinhos correram para tentar apagar as chamas, arrombaram uma porta de ferro e conseguiram retirá-las por um buraco. O Corpo de Bombeiros foi acionado e  encontrou a garrafa de álcool usada usada no crime. 

Queimaduras no corpo

Mãe e filha haviam mudado para o local a pouco tempo. A jovem foi socorrida pelo Samu e levada para um hospital da Grande Vitória com 20% do corpo queimado. 

A criança inalou muita fumaça e, por isso, também precisou de atendimento médico e foi encaminhada para o Hospital Infantil de Vitória. Ela já teve alta. Por causa das queimaduras, a jovem ainda não teve alta.

O caso está em investigação. Nenhum suspeito foi preso até agora. O coordenador da Defesa Civil informou que apesar dos danos no apartamento a estrutura do local não foi abalada.

*Com informações da repórter Marla Bermudes, TV Vitória/Record TV