Policiais usam gás lacrimogênio e bala de borracha em aglomeração na Rua da Lama

Polícia

Policiais usam gás lacrimogênio e bala de borracha em aglomeração na Rua da Lama

As aglomerações acontecem após o fechamento dos comércios e são animadas por carros de som e vendedores ambulantes de bebidas

Foto: Gabriela Valdetaro | TV Vitória

Policiais militares utilizaram gás lacrimogênio e balas de borracha na tentativa de dispersar uma aglomeração na Rua da Lama, no bairro Jardim da Penha, em Vitória, na madrugada deste sábado (26). A ação da PM aconteceu em apoio à fiscalização da Prefeitura de Vitória.

No início da abordagem, os policiais usaram um megafone para tentar conscientizar as pessoas a deixarem o local, mas não foram obedecidos. Por isso, foi necessário o uso de armas não letais. Na multidão foram usadas bombas de gás lacrimogênio e balas de borracha.

Após a ação, os policiais conseguiram dispersar a aglomeração. De acordo com a polícia, ninguém ficou ferido ou detido e nenhum material foi apreendido.

Cenário frequente

As aglomerações na Rua da Lama são constantes. O representante comercial Rafael Bezerra mora na região e segundo ele o problema não acontece em apenas uma rua.

"Aquilo que aparece nos vídeos é uma pequena parte, porque tem duas ruas paralelas, que elas são tomadas por pessoas alcoolizadas, pessoas urinando e fazendo coisas libidinosas como atos sexuais", contou.

Os moradores e a prefeitura afirmam que o problema não está nos bares, pois estes estão fechando às 22 horas, conforme determinado. As aglomerações acontecem depois deste horário com carros de som e vendedores ambulantes de bebidas.

Na madrugada deste sábado, além da Rua da Lama, os fiscais visitaram outros 29 locais. Durante a fiscalização, seis estabelecimentos que funcionavam fora do horário permitido foram fechados.

* Com informações do repórter Álvaro Zanotti, da TV Vitória/Record TV.