Preso acusado de matar joalheiro dentro de loja em Linhares, Norte do Estado

Polícia

Preso acusado de matar joalheiro dentro de loja em Linhares, Norte do Estado

Além da morte do joalheiro, Wanderlei é acusado de outros dois homicídios na região, além de tráfico de drogas na Bahia e no Espírito Santo

Suspeito foi preso nesta quarta-feira Foto: Divulgação

Um homem acusado de matar um joalheiro em Linhares, Norte do Estado, no início do ano passado, foi preso nesta quarta-feira (16). Para a polícia, Wanderlei Souza Santos, conhecido como “Didi”, de 20 anos, afirmou que não tinha a intenção de matar Tadeu Antônio Zocatelli, de 47 anos.

Apesar da versão dada pelo acusado, as imagens das câmeras internas das joalherias mostram os suspeitos anunciando o assalto e quando a vítima tenta correr, é atingida com um tiro na cabeça. Tadeu era bastante conhecido em Linhares, cidade onde trabalhava e morava.

Além da morte do joalheiro, Wanderlei é acusado de outros dois homicídios na região, além de tráfico de drogas na Bahia e no Espírito Santo.