Preso suspeito de ser o mandante do assassinato de líder comunitário em Guarapari

Polícia

Preso suspeito de ser o mandante do assassinato de líder comunitário em Guarapari

Adeilson Pereira, conhecido como "Dedé", estava com um mandado de prisão temporária em aberto. Ele é acusado de mandar matar Valter Rosa da Silva, há três meses

Adeilson foi preso nesta sexta-feira, suspeito de mandar matar o líder comunitário Foto: Reprodução

A polícia prendeu nesta sexta-feira (10) o suspeito de ser o mandante do assassinato do líder comunitário Valter Rosa da Silva, ocorrido há três meses em Guarapari. Adeilson Pereira, conhecido como "Dedé", estava com um mandado de prisão temporária em aberto por causa do crime. 

Valter tinha 50 anos e foi morto com dois tiros, no dia 18 de março deste ano, na localidade de Serra Queimada. Ele era presidente da Associação de Moradores do bairro Rio Grande. Segundo testemunhas, dois rapazes passaram, em uma moto sem placa, atirando contra a vítima. Em seguida, os criminosos fugiram.

Policiais contaram, na época, que Valter saiu de casa para ir até um local de captação de água da cidade, para resolver um problema. Ele foi executado exatamente no momento em que pegava uma escada com um vizinho para consertar a bomba de água. O caso está sendo investigado pela Delegacia de Crimes Contra a Vida (DCCV) de Guarapari, sob responsabilidade do delegado Alexandre Lincoln.