Atendente de padaria é baleada em Marataízes após sair de casa para trabalhar

Polícia

Atendente de padaria é baleada em Marataízes após sair de casa para trabalhar

A vítima foi socorrida até o Hospital Evangélico em Itapemirim e de lá, transferida para a Santa Casa de Cachoeiro. Ela permanece internada no Pronto Socorro e será submetida a uma cirurgia

A atendente de padaria seguia para o trabalho de moto na manhã desta sexta-feira (15), quando foi atingida pelos disparos Foto: ​Divulgação/PM

Uma atendente de padaria de 36 anos foi baleada na manhã desta sexta-feira (15), em Marataízes. O crime aconteceu por volta das 5h20 na rua 1º de Maio, no bairro Esplanada, quando a vítima seguia de moto para o trabalho. A Polícia Civil do município investiga se foi uma tentativa de homicídio ou uma tentativa de latrocínio.

De acordo com informações da Polícia Militar, populares acionaram a polícia ao ouvir os disparos. No local, os militares encontraram a vítima caída próximo à moto. A atendente foi atingida com três disparos: no ombro, maxilar e na testa. Informações passada aos policiais por uma testemunha são conta que os tiros foram disparos por um suspeito, que estava escondido atrás de um muro, cerca de 300 metros da casa da vítima.

A atendente foi socorrida e encaminhada até o Hospital Evangélico de Itapemirim. Devido à gravidade, ela foi levada para a Santa Casa de Cachoeiro. A informação no hospital é que ela está internada no Pronto Socorro e será submetida a uma cirurgia.

A Polícia Civil instaurou inquérito para apurar as causas do crime. Como nada foi levado, a principal hipótese é de tentativa de homicídio, mas a polícia não descarta a tentativa de latrocínio. A vítima trabalha em uma padaria no município de Itapemirim e seguia o mesmo trajeto todos os dias.