Dupla é presa suspeita de participar de estupro coletivo contra empresária em Linhares

Polícia

Dupla é presa suspeita de participar de estupro coletivo contra empresária em Linhares

Crime teria acontecido na madrugada de domingo, no interior do município. Vítima estava em uma festa com os suspeitos e teria sido levada por um deles a um local ermo

Suspeitos foram levados para a Delegacia Regional de Linhares e depois encaminhados para o presídio Foto: Divulgação

Dois homens foram detidos, suspeitos de participarem de um estupro coletivo em Linhares, no norte do Estado. A vítima é uma empresária de 22 anos. Um terceiro suspeito de ter participado do estupro continua foragido.

O crime teria ocorrido na madrugada de domingo (24), após a vítima ter participado de uma festa julina com os dois suspeitos detidos, na comunidade de Rio das Palmas, no distrito de São Rafael. Após o evento, um deles teria levado ela para um lugar ermo, onde os abusos teriam ocorrido.

Segundo ocorrência registrada pela Polícia Militar, a vítima estava em Vitória, no sábado, e seguiu para Linhares com o motorista da empresa para a qual ela presta serviços. Ao chegar no município do norte do Estado, o motorista teria convidado a empresária a ir a uma festa julina.

No local, o motorista apresentou dois homens à vítima, dizendo ser seu irmão e seu tio. Os quatro permaneceram juntos na festa, até que o motorista disse que voltaria para o carro, alegando estar cansado.

Por volta das 0h30, a empresária perguntou ao suposto irmão onde estaria o motorista. O suspeito disse que ele havia ido para a casa da mãe descansar e que, por isso, ele a levaria embora.

Os dois saíram da festa em uma caminhonete e, no caminho, a vítima estranhou o fato de eles estarem indo para um local muito afastado e de uma moto e uma picape estarem seguindo logo atrás. O irmão do motorista só parou em um local onde havia uma casa na beira de um barranco.

Logo atrás estava o homem que se apresentou como tio e um terceiro suspeito, ainda não identificado. Segundo relato da vítimas, os três começaram a agarrá-la e estuprá-la, dizendo que ela não iria a lugar algum.

Em determinado momento, a empresária aproveitou a distração dos estupradores e conseguiu buscar ajuda na beira da estrada. A Polícia Militar foi acionada e conseguiu localizar o irmão e o tio do motorista que estava com a vítima. O terceiro suspeito não foi localizado.

Os dois detidos foram levados para a Delegacia Regional de Linhares e encaminhados, na tarde desta segunda-feira (25), para o presídio. A Polícia Civil investiga o caso e está à procura do homem que ainda está foragido.

Quem tiver qualquer informação que possa ajudar o trabalho da polícia deve entrar em contato com o disque-denúncia, pelo telefone 181. Não é preciso se identificar.