• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Número de roubos a estabelecimentos em Cachoeiro cai em 30%, segundo a Depatri

Polícia

Número de roubos a estabelecimentos em Cachoeiro cai em 30%, segundo a Depatri

A delegacia realizou cinco importantes operações, tendo a participação das polícias Federal e Militar, que resultou na prisão de quadrilhas envolvidas em roubos e furtos na cidade

Uma das operações realizadas pela Depatri foi a ‘Desmonte’, que teve como alvo desmanche de veículos Foto: ​Divulgação/PC

A Delegacia de Crimes Contra o Patrimônio (Depatri) registrou uma queda de 30% nos índices nos roubos a estabelecimentos comerciais e outros crimes patrimoniais em Cachoeiro de Itapemirim. Além disso, a delegacia concluiu 195 inquéritos somente no primeiro semestre deste ano.

De acordo com o delegado Augusto Giorno, os índices ainda estão longe de ser o ideal, mas a queda deve ser comemorada. “A queda é reflexo de um excelente trabalho preventivo realizado pela Polícia Militar e pelos resultados de diversas investigações realizadas pela Delegacia Patrimonial, que culminou nas prisões dos principais assaltantes da cidade”, comenta.

A Depatri realizou cinco importantes operações na cidade: a operação ‘Falência’, que resultou na prisão dos envolvidos em um assalto a uma loteria no bairro BNH; operação ‘Malote’, que prendeu uma quadrilha envolvida em diversos roubos a estabelecimentos no município; operação ‘Mudança’, em conjunto com as polícias Federal e Militar, que resultou na prisão de uma quadrilha que praticava furtos à residências; ‘Bonde do 157’, que resultou na prisão de assaltantes que praticaram diversos assaltos, entre eles o latrocínio do passageiro de um ônibus do pedreiro Miguel Arcângelo Ferarreis, de 49 anos, ocorrido no dia 30 de maio; e a operação ‘Desmonte’, que teve como alvo os desmanches de veículos em Cachoeiro de Itapemirim.

“O papel da Polícia Militar é importante, mas se não houver investigação e identificação dos criminosos, a fim de tirar eles de circulação, a ação da PM fica muito restrita a situação de flagrante. Então, a prisão da investigação consegue desvendar diversos outros roubos e com certeza tirar de circulação esses autores de crimes em sequência. As prisões das principais quadrilhas e assaltantes tirando eles de circulação vieram a contribuir para a queda dos índices”, completa o delegado.