• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Caso Andrielly: audiência acontece nesta quinta-feira

Polícia

Caso Andrielly: audiência acontece nesta quinta-feira

A jovem Andrielly dos Santos Mendonça, de 20 anos, foi assassinada com um fio de celular em março de 2018

A jovem Andrielly dos Santos Mendonça, de 20 anos, foi assassinada com um fio de celular em março de 2018 em Vila Velha, e uma audiência de instrução está prevista para esta quinta-feira (19). De acordo com o Tribunal de Justiça do Espírito Santo (TJES), Rubens de Almeida Dias Júnior, namorado de Andrielly na época, será julgado por homicídio qualificado. Rubens já tinha um mandado de prisão em aberto pela Lei Maria da Penha.

Relembre o caso

O casal morava junto e de acordo com testemunhas, Rubens era muito ciumento. Andrielly teria ganhando um celular e ele não teria gostado e a matou enforcada com um carregador de celular. 

A repórter Talita Carvalho, da TV Vitória/ RecordTV, conversou com o pai de Andrielly sobre o caso na manhã desta quinta-feira (19). "Tem sido um sofrimento constante. Todos os dias choro e me apeguei mais ao meu trabalho para tentar esquecer ou apaziguar essa dor", disse Anderson Pereira dos Santos.

No dia do crime, Rubens mandou uma mensagem para o pai da jovem dizendo que Andrielly teria desmaiado. "Ele tentou justificar o que fez. Além de ter apagado mensagens do celular ele disse que deu um 'mata-leão' nela e que havia deixado ela desmaiada".

A equipe da TV Vitória tentou contato com o advogado de deseja do Rubens, mas ele não quis gravar entrevista ou se posicionar por nota.

O crime

Andrielly dos Santos Mendonça, de 20 anos, foi encontrada morta dento da casa onde morava na madrugada do dia 4 março. O crime aconteceu na frente da filha da vítima, de três anos. Segundo vizinhos, o casal era problemático e brigava constantemente. Inclusive, antes do ocorrido, eles teriam discutido. Depois do crime, o suspeito pegou a menina, colocou no carro e fugiu.

De acordo com o advogado Carlos Henrique Correa, o suspeito fugiu do apartamento com medo do mandado de prisão que possui por ter descumprido uma medida protetiva contra a ex-mulher.

A versão que Rubens deu ao advogado para a morte da namorada foi que os dois haviam bebido e discutido por conta de relacionamentos anteriores. Durante a briga, Andrielly, teria pegado uma faca e ido para cima dele. Para se defender, Rubens teria segurando a mão dela e dado um mata leão.

O que é audiência de instrução

A audiência de instrução e julgamento é a sessão pública, que ocorre de portas abertas, presidida por órgão jurisdicional, com a presença e participação das partes, advogados, testemunhas e auxiliares da justiça. Essa audiência tem por objetivo tentar conciliar as partes, produzir prova oral, debater e decidir a causa.

Leia também

--> Suspeito de matar namorada com fio de carregador de celular se apresenta à polícia

--> Suspeito de matar namorada diz que crime foi em legítima defesa

--> Casal tinha saído para comprar celular antes de jovem ser enforcada em Vila Velha

--> Carro de suspeito de matar namorada com fio de carregador é encontrado na casa de parente