• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Empresário suspeito de aplicar golpe milionário no ES planejava fugir para a Itália

Polícia

Empresário suspeito de aplicar golpe milionário no ES planejava fugir para a Itália

Geraldo Ribeiro de Souza foi preso em um edifício de luxo na Praia da Costa, em Vila Velha, onde morava. Ele foi indiciado por estelionato e falsificação

Geraldo foi preso na manhã desta quinta-feira, na Praia da Costa | Foto: Divulgação/PCES

O empresário preso nesta quinta-feira (19), em Vila Velha, suspeito de aplicar golpes que somaram quase R$ 30 milhões, pretendia fugir para a Itália. A informação é da Polícia Civil, que descobriu que a mulher e a filha de Geraldo Ribeiro de Souza atualmente moram no país europeu.

"As vítimas nos trouxeram essa informação e levaram essa informação também ao juiz responsável pelo crime de homicídio e o passaporte dele foi recolhido", afirmou a titular da Delegacia Especializada em Defraudações e Falsificações (Defa), delegada Rhaiana Bremenkamp.

Geraldo foi preso em um edifício de luxo na Praia da Costa, onde morava de aluguel. Ele foi indiciado por estelionato e falsificação. Geraldo é natural de Minas Gerais, onde responde por um homicídio, cometido em 2014.

O suspeito é dono de uma empresa do ramo da construção civil, que oferecia serviços de pavimentação asfáltica. De acordo com as investigações, Geraldo recebeu das vítimas, em troca de seus serviços, bens como carros, terrenos, apartamento de luxo e até um hotel. No entanto, os serviços nunca foram prestados.

Segundo a polícia, o prejuízo causado às vítimas é de mais de R$ 27 milhões. Até o momento, seis pessoas já procuraram a Delegacia de Defraudações, em Vitória, alegando terem sido vítimas de Geraldo. No entanto, a polícia acredita que mais pessoas tenham sido vítimas dos golpes.