• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Mais de 140 detidos e 22 armas apreendidas em operações da PM na Grande Vitória

Polícia

Mais de 140 detidos e 22 armas apreendidas em operações da PM na Grande Vitória

As ações foram realizadas entre esta quarta e sexta-feira, em diversos bairros da região metropolitana. Em Cariacica, oito suspeitos foram presos

A Polícia Militar deteve 147 pessoas e apreendeu 22 armas de fogo de diversos calibres, inclusive armas de uso restrito das forças armadas, durante operações realizadas desde a última quarta-feira (25), em diversos bairros da Grande Vitória. Entre as ações, estão as prisões de suspeitos de envolvimento com o tráfico de drogas e outros crimes, em Cariacica, e uma grande operação no Bairro da Penha, em Vitória, ocorridas na manhã desta sexta-feira (27).

Na operação realizada em Cariacica, foram detidas oito pessoas, todas conduzidas para a Delegacia Regional do município. Entre os materiais apreendidos, contando drogas e armas, havia cinco pistolas automáticas e quatro revólveres.

"A operação realizada hoje pelo 7º Batalhão foi uma operação realizada para trazer tranquilidade às comunidades de Cariacica. Nessa operação, especificamente, oito pessoas foram detidas, com participação direta, quer seja em homicídios, quer seja no tráfico de entorpecentes. Também foram apreendidas cinco armas de fogo, drogas, munições e carregadores", destacou o comandante-geral da Polícia Militar, coronel Alexandre Ramalho.

Piedade

Com relação à operação realizada no Bairro da Penha, o objetivo dela, segundo a Polícia Civil, foi localizar e prender suspeitos de praticar homicídios no Morro da Piedade, também na capital, neste ano. Três pessoas são consideradas foragidas: Gean Gaia de Oliveira, Rafael Batista Lemos e Alan Rosário de Oliveira.

A operação é a continuidade da que foi deflagrada na semana passada, quando seis pessoas foram presas: os três primos Gustavo Batista Lemos, Célia Nilza Wanzeler e a estudante de direito Bruna Lemos Souza, além de Flávio Sampaio, Leandro Correia Ramos Barcelos e Renato Correia Ramos.

As operações foram motivadas pelas mortes dos irmãos Juan e Damião Reis, em março deste ano, e também pelo assassinato de Wallace de Jesus Santana, em junho. Esse último, segundo a polícia, era o braço direito do antigo chefe do tráfico do morro da Piedade, João Paulo Ferreira Dias, preso no último dia 12.

Lei Seca

A Polícia Militar também está de olho no tráfego de veículos da Grande Vitória. Por meio do Batalhão de Trânsito, a PM informou que 80 fiscalizações da Lei Seca foram realizadas nas últimas cinco semanas na região metropolitana.