Corpo de jovem de 18 anos morta com tiro na cabeça em Vila Velha é velado; polícia investiga crime

Polícia

Corpo de jovem de 18 anos morta com tiro na cabeça em Vila Velha é velado; polícia investiga crime

Kamila Rodrigues Pião foi morta na madrugada de domingo (4), em um bar no bairro Alecrim

Foto: Reprodução / Instagram

O corpo da jovem de 18 anos que morreu após ser baleada na cabeça no bairro Alecrim, em Vila Velha, foi liberado por familiares e velado na manhã desta segunda-feira (5), em Primeiro de Maio. 

O crime aconteceu na madrugada de domingo (4), quando Kamila Rodrigues Pião foi atingida por um um tiro na cabeça. Segundo o pai, ela estava com alguns amigos em um bar da região quando homens teriam chegado no local atirando. 

O irmão de Kamila, que não quis se identificar, contou à equipe de reportagem da TV Vitória/Record TV que não sabe qual pode ter sido a motivação crime. O rapaz lamentou a perda precoce da irmã. 

"Não tenho informação sobre o que houve. Só sabia que ela tinha tomado um tiro e estava na festa. Coração está partido porque perder um ente querido é triste, principalmente uma criança que não viveu nada ainda. Agora é pedir a Deus força para seguir o caminho juntamente com a família", desabafou o irmão.

A jovem chegou a ser socorrida para um hospital de Vila Velha, mas não resistiu aos ferimentos e morreu logo depois. Kamila estava desempregada e apenas estudava. Como morava com o companheiro, o pai dava suporte quando ela precisava de ajuda financeira. 

Em nota, a Polícia Civil informa que o caso seguirá sob investigação da Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção à Mulher (DHPM) e até o momento, nenhum suspeito do crime foi detido. 

A PC informou ainda que somente após a autoridade policial que estará à frente das investigações formar sua convicção, pautada na análise dos elementos coletados no inquérito policial, que se poderá afirmar a presença de uma qualificadora, inclusive a do feminicídio.