Três suspeitos de tentativa de homicídio contra mulheres são presos na Serra

Polícia

Três suspeitos de tentativa de homicídio contra mulheres são presos na Serra

Em um dos casos, o suspeito atingiu a ex-mulher com golpes de faca por não aceitar o fim do relacionamento

Foto: Reprodução / TV Vitória

Três suspeitos de cometerem uma tentativa de homicídio na Serra estão na cadeia. O primeiro deles foi preso por tentar matar a ex-companheira, em abril deste ano.

O crime aconteceu no dia 23 de abril. A mulher, de 23 anos, contou à polícia que o homem não aceitava a separação. Por isso, ele teria ido até o local onde ela trabalhava, no bairro Novo Horizonte, na Serra, e a obrigou a entrar no carro.

Na época, ela disse que, depois que entrou no veículo, foi obrigada a ir até a casa do suspeito, que fica no bairro Belvedere, no mesmo município.

Ao descer do veículo, a mulher se negou a entrar na casa e correu para um ponto de ônibus. Neste momento, segundo a polícia, o agressor que estava inconformado com a atitude da jovem, entrou na casa, pegou uma faca na cozinha, voltou ainda mais violento e começou a esfaquear a mulher no meio da rua.

De acordo com a polícia, a vítima ficou em estado grave. A jovem foi socorrida primeiro para a Upa de Serra-Sede e depois transferida para um hospital em Vitória.

O suspeito foi encontrado três meses após o crime. O homem não fugiu e nem se escondeu. Ele estava na casa onde morou com a ex-mulher.

Foto: Reprodução / TV Vitória

A Polícia Civil informou ainda que o homem agrediu a esposa em 2020, também com uma faca, e a golpeou na mão. Na casa onde o suspeito foi encontrado e preso, a polícia também achou uma arma calibre 38.

Segundo dados do Núcleo de Enfrentamento às Violências de Gênero em Defesa dos Direitos das Mulheres, de janeiro a julho a polícia registou 48 casos entre feminicídios e homicídios dolosos. Um aumento de 2% em comparação ao mesmo período do ano passado.

A delegada Raffaela Aguira lembra que mulheres precisam denunciar e que quem presenciar uma agressão precisa chamar a polícia.

"Hoje em dia já não existe mais aquele jargão de que briga de marido e mulher ninguém mete a colher. Se um vizinho ou algum transeunte presencia algum tipo de agressão contra a mulher é preciso acionar a polícia para tomar a medida cabível e proteger a mulher", explicou.

A chefatura da Policia Civil também divulgou a prisão de um casal que tentou matar uma mulher no bairro Campinho da Serra 1, também na Serra. O motivo seria um terreno que uma mulher teria comprado.

"A vítima tinha adquirido há três anos, um terreno da mãe da mandante do crime e essa mandante não concordou com a venda. Desde então, ela começou a perturbar a nova proprietária do terreno, para que ela conseguisse reintegrar a posse para si mesma", apontou.

Foto: Reprodução / TV Vitória
André Ribeiro dos Santos e Daniela Eliane Ferreira Rufino

O casal, André Ribeiro dos Santos, de 35 anos, e Daniela Eliane Ferreira Rufino, de 44, vão responder por tentativa de homicídio, com o agravante de ter sido um por motivo torpe, ou seja, motivo banal.

O homem que tentou matar a ex-mulher, foi autuado por tentativa de homicídio qualificado pela impossibilidade de defesa da vítima e por feminicídio. Todos os três estão no Centro de Triagem de Viana.

* Com informações da repórter Marla Bermudes, da TV Vitória/Record TV.