Rastreador de celular ajuda prender quadrilha que roubou R$ 90 mil em Cachoeiro

Polícia

Rastreador de celular ajuda prender quadrilha que roubou R$ 90 mil em Cachoeiro

Segundo a polícia, um funcionário da empresa indicou onde o dinheiro estava escondido. As imagens de videomonitoramento da empresa registraram toda a ação

Os acusados reviraram móveis, pegaram dinheiro e cheques no valor de R$ 90 mil Foto: Divulgação

Quatros homens armados, incluindo um adolescente, entraram em um escritório de uma oficina mecânica e roubaram R$ 90 mil, na última terça-feira (5), em Cachoeiro de Itapemirim, no Sul do Estado.

O grupo foi localizado pela polícia graças a um rastreador de um celular, que foi roubado de uma funcionária durante a ação do bando.

Segundo a polícia, um funcionário da empresa indicou onde o dinheiro estava escondido. As imagens de videomonitoramento do estabelecimento registraram o momento em que dois suspeitos armados e com capacete entraram no escritório e renderam os funcionários da oficina. Além dos funcionários, clientes que estavam no local foram rendidos.

Segundo testemunhas, os acusados reviraram móveis, pegaram dinheiro e cheques no valor de R$ 90 mil. Além de aparelhos celulares.

Um dos celulares roubado é adaptado com um sistema de rastreamento. Após o roubo, o aplicativo foi ativado e, através de um computador, a polícia conseguiu encontrar o bando.

De acordo com o delegado Marcos Luiz Nery Filho, um funcionário da oficina foi detido na manhã desta quarta-feira (6) quando chegava ao local de trabalho. “Ele passou a informação de que dia 05 (terça-feira) seria o dia de pagamento dos funcionários e que teria dinheiro no escritório. Os maiores de idade foram autuados pelo roubo qualificado, associação criminosa com a participação de menores", explica.

As armas utilizadas no assalto não foram localizadas. Os três homens foram encaminhados para o Centro de Detenção Provisória de Cachoeiro e o adolescente permanece à disposição da Justiça.