Francesa sequestrada no Iêmen é libertada

Polícia

Francesa sequestrada no Iêmen é libertada

Redação Folha Vitória

Paris - Uma francesa sequestrada em fevereiro no Iêmen junto com sua tradutora estava a caminho da França, nesta sexta-feira, após ter sido libertada. Isabelle Prime, de 31 anos, trabalhava no Banco Mundial de Alimentos quando foi capturada.

A agência de notícias estatal de Omã citou um funcionário não identificado do Ministério das Relações Exteriores confirmando que Isabelle chegou ao sultanato na madrugada desta sexta-feira, a caminho da França. Omã participou da negociação pela libertação da francesa, após um pedido de ajuda do governo de Paris, segundo a agência.

O ministro das Relações Exteriores francês, Laurent Fabius, disse que Isabelle voltará ao país na noite de sexta-feira. Fabius disse que a França não pagou resgate e agradeceu a ajuda do sultão de Omã, que tem fronteira com o Iêmen.

Não serão divulgados detalhes sobre a libertação da francesa, nem o nome do grupo que a sequestrou. Ela foi sequestrada na capital, Sanaa, sob controle dos rebeldes, junto com sua tradutora iemenita, liberada pouco depois.

No início do ano, foi divulgado um vídeo mostrando Isabelle pedindo ajuda. O Iêmen vive um quadro caótico, com forças do governo combatendo rebeldes xiitas. Fonte: Associated Press.