‘Gato’ em hidrômetro da Cesan para abastecer poço de peixes na Serra

Polícia

‘Gato’ em hidrômetro da Cesan para abastecer poço de peixes na Serra

O flagrante aconteceu na última quinta-feira (25) e as ligações clandestinas encontradas na rede de água da Cesan estavam causando prejuízo a toda população da região

Os ‘gatos’ foram descobertos durante uma vistoria preventiva das redes de distribuição de água Foto: Divulgação

Uma equipe da Cesan com apoio de policiais civis da Divisão de Repressão aos Crimes Contra o Patrimônio  (DRCCP) flagraram o furto de 1,6 milhão de litros de água  por mês no bairro Belvedere, no município da Serra. O flagrante aconteceu na última quinta-feira (25) e as ligações clandestinas encontradas na rede de água da Cesan estavam causando prejuízo a toda população da região.

De acordo com o gestor da Divisão Operação e Manutenção da Serra, Rodolpho Gomes Có, a água furtada era utilizada para abastecer um poço de peixes, além de plantação de hortaliças, criação de animais e também para uso residencial.

Os ‘gatos’ foram descobertos durante uma vistoria preventiva das redes de distribuição de água. “O bairro vinha sofrendo há vários meses com problema no abastecimento, e verificamos que os casos de fraude foram fator primordial para este problema”, informou.

Na primeira abordagem, foi verificado que, apesar da Cesan ter cortado recentemente uma ligação clandestina que havia na residência, o morador trouxe uma ligação da casa de uma vizinha. Em seguida os policiais foram para a casa dessa vizinha, que estava alugada para um inquilino. Nessa residência o hidrômetro foi desativado e, mesmo assim, a água saia pela rede interna da residência, caracterizando o furto.

Duas pessoas foram conduzidas para a delegacia, prestaram esclarecimentos e foram liberadas. O caso continua sob investigação e, até o momento, ninguém foi detido.