Preso suspeito de assassinar homem e balear crianças em churrasquinho na Serra

Polícia

Preso suspeito de assassinar homem e balear crianças em churrasquinho na Serra

Crime aconteceu no bairro José de Anchieta, no último domingo. Valdinei Batista Vieira se apresentou à polícia com um advogado e acabou preso por ter um mandado de prisão em aberto

Valdinei foi preso no momento em que era apresentado pelo advogado na DCCV da Serra Foto: Reprodução

A policia prendeu, nesta quinta-feira (04), o suspeito de matar um homem e balear outras quatro pessoas da mesma família. O crime aconteceu no bairro José de Anchieta, na Serra, no último domingo (31).

Valdinei Batista Vieira foi detido no momento em que se apresentava na Delegacia de Crimes Contra a Vida (DCCV), junto com um advogado. Enquanto o defensor estava no interior da delegacia, conversando com o delegado, Valdinei aguardava do outro lado da rua. 

A intenção do advogado era levar o cliente apenas para prestar depoimento. No entanto, como já havia um mandado de prisão expedido contra ele, dois policiais civis detiveram o suspeito.

"Enquanto o advogado conversava com o delegado adjunto da unidade, Rodrigo Sandi Mori, os policiais viram o suspeito parado em um posto de combustíveis, que fica na frente da unidade policial. Foi então que os policiais foram até ele e efetuaram a prisão", contou o titular da DCCV da Serra, delegado Marcus Vinicius Rodrigues de Souza.

Valdinei foi autuado por homicídio e tentativa de homicídio, e foi conduzido para o Centro de Triagem de Viana (CTV). Segundo a polícia, as investigações prosseguirão, para que seja verificado se outras pessoas participaram do crime. Segundo o delegado Rodrigo Sandi Mori, um segundo suspeito já está sendo investigado.

"Esse segundo suspeito, pelos relatos que nós temos, não efetuou os disparos. Ele só estava fazendo a cobertura. Já estamos em diligência, no sentido de identificá-lo, e vamos também representar pela prisão dele", destacou Sandi Mori.

Investigação

De acordo com a polícia, Valdinei é responsável por chefiar o tráfico de drogas na região do "Pantanal", em José de Anchieta. Ele é o principal suspeito de assassinar a tiros Alex Nascimento Soares, de 30 anos, no mesmo bairro.

"Ele é considerado um indivíduo de extrema periculosidade. Pelos relatos que nós temos até agora, ele é considerado um dos traficantes mais perigosos lá de Pantanal. Ele já tem uma condenação de dez anos, pelo crime de roubo, porte ilegal de arma de fogo e tráfico. Ele cumpriu pena de sete anos e estava em liberdade há dois anos", disse Sandi Mori. 

Na ocasião, também foram baleadas outras quatro pessoas, entre elas duas crianças, de 5 e 9 anos. As vítimas foram levadas para o Hospital Jayme Santos Neves. "As vítimas estavam em um churrasquinho na rua, quando o suspeito parou e atirou contra o Alex e atingiu também as outras vítimas", contou Marcus Vinicius. 

De acordo com o titular da DCCV, após o crime, policiais realizaram investigações e testemunhas apontaram Valdinei como executor dos crimes. "Com base nesses elementos de prova, representamos pela decretação da prisão temporária dele e o pedido foi deferido pela Juíza de Direito da 3ª Vara Criminal da Serra", ressaltou.