• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Crime cometido por morador de rua contra empresária completa três meses neste fim de semana

Polícia

Crime cometido por morador de rua contra empresária completa três meses neste fim de semana

A audiência de instrução e julgamento do caso foi marcado para o próximo dia 2 de outubro, às 15h30

Local onde ocorreu o crime ( Foto - TV Vitória)

O crime cometido pelo morador em situação de rua conhecido como Alemão, contra a empresária Simone Tonani, de 42 anos, completa três meses neste fim de semana. O acusado, Felipe Rodrigues Gonçalves, de 31 anos, é incriminado por arremessar um vergalhão de obras contra o veículo da vítima no dia 4 de maio de 2018 em Vila Velha.

De acordo com o advogado criminalista Flávio Fabiano, o acusado praticou um crime bárbaro de forma covarde, não permitindo que a vítima tivesse qualquer possibilidade de defesa. 

“Estamos tratando de um homicídio qualificado, e isso tem duas implicações diretas. A primeira dela é a alteração da pena-base, ou seja, o tempo mínimo e o máximo da pena na hora da sentença, partindo-se de 12 a 30 anos. Já a segunda é quanto à forma de execução da pena, o tempo mínimo que cumprirá em regime fechado quando condenado. O crime é hediondo, que causa grande indignação e comoção social, o que resulta em prisão de 2/5”, explicou.

Decisão de manter a prisão

A decisão foi tomada pelo juiz Eneas Jose Ferreira Miranda, da 4ª Vara Criminal de Vila Velha, que também designou a audiência de instrução e julgamento do caso para o próximo dia 2 de outubro, às 15h30.

“Alemão” foi preso minutos após o crime, ocorrido na avenida Champagnat. Ele teria retirado o vergalhão de uma obra localizada na avenida e atirado contra o carro da empresária. O objeto ficou preso em Simone, que perdeu o controle do carro e colidiu.

Após atingir a mulher com a barra de ferro, Alemão fugiu do local. Na tentativa de despistar a polícia, ele trocou a calça que vestia por uma bermuda. No entanto, o suspeito foi detido na Avenida Hugo Musso.

Segundo a polícia, Felipe possui diversas outras passagens pela Justiça por crimes como furto, arrombamento, danos ao patrimônio, lesão corporal, entre outros.