• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Juiz mantém prisão de morador de rua que atirou vergalhão contra empresária em Vila Velha

Polícia

Juiz mantém prisão de morador de rua que atirou vergalhão contra empresária em Vila Velha

A decisão foi tomada pelo juiz Eneas Jose Ferreira Miranda, que também designou data da audiência de instrução e julgamento do caso

Felipe Rodrigues Gonçalves é acusado de matar a empresária Simone Tonani | Foto: Reprodução

O morador de rua acusado de matar a empresária Simone Tonani, de 42 anos, após arremessar um vergalhão contra o veículo da vítima, em Vila Velha, no dia 4 de maio deste ano, teve a prisão preventiva mantida na tarde desta quinta-feira (2).

A decisão foi tomada pelo juiz Eneas Jose Ferreira Miranda, da 4ª Vara Criminal de Vila Velha, que também designou a audiência de instrução e julgamento do caso para o próximo dia 2 de outubro, às 15h30.

Felipe Rodrigues Gonçalves, de 31 anos, vulgo “Alemão”, foi preso minutos após o crime, ocorrido na avenida Champagnat. Alemão teria retirado o vergalhão de uma obra localizada na avenida e atirado contra o carro da empresária. O objeto ficou preso à cabeça de Simone, que perdeu o controle do carro e colidiu.

Após atingir a mulher com a barra de ferro, Felipe fugiu do local. Na tentativa de despistar a polícia, ele trocou a calça que vestia por uma bermuda. No entanto, o suspeito foi detido na Avenida Hugo Musso.

Segundo a polícia, Felipe possui diversas outras passagens pela Justiça, por crimes como furto, arrombamento, danos ao patrimônio, lesão corporal, entre outros.

Morte

Simone foi atingida na cabeça pelo vergalhão arremessado pelo morador de rua e morreu após dar entrada no Hospital São Lucas, em Vitória. Ela chegou a ser socorrida por uma equipe do Corpo de Bombeiros e do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), mas não resistiu.

A empresária havia acabado de buscar filho de apenas 8 anos na escola. Eles seguiam para casa, na Praia da Costa, pela Avenida Champagnat, quando Simone foi atingida. O objeto ficou preso à cabeça da vítima, que perdeu o controle do carro e colidiu em outro veículo. A criança estava no banco de trás e não se feriu.