• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Pedido de liberdade a réus do caso Milena Gottardi é negado

  • COMPARTILHE
Polícia

Pedido de liberdade a réus do caso Milena Gottardi é negado

A pediatra oncologista Milena Gottardi Tonini Frasson, de 38 anos, foi baleada na cabeça em setembro de 2017, em Vitória

Foi negado mais uma vez o pedido de liberdade aos seis réus do caso da médica Milena Gottardi.

Hilário Frasson, o pai dele Esperidião Frasson, Dionathas Alves Vieira, apontado pela policia como o executor do crime, Bruno Rodrigues Broetto, indicado como o responsável por conseguir a moto utilizada por Dionathas no dia do assassinato, Valcir da Silva Dias e Hermenegildo Palauro Filho, acusados de serem intermediadores do assassinato.

Os réus são acusados de participarem da morte da médica Milena em setembro de 2017. Ela  foi baleada na cabeça no momento em que saía de um plantão no Hospital Universitário Cassiano Antonio Moraes (Hucam), na Avenida Marechal Campos, em Vitória. Ela estava com uma outra médica quando foi abordada pelos criminosos, que fugiram logo após o crime. O advogado da família de Milena confirmou a informação e acredita que os réus devam ser encaminhados ao julgamento pelo Tribunal Popular do Júri de Vitória. 

A equipe do programa ES no Ar, da TV Vitória/ Record TV tentou falar com a defesa de Hilário e Esperidião nesta quarta-feira (1º) mas não conseguiram contato.