Assaltantes roubam entregador e levam mais de R$ 9 mil em mercadorias

Polícia

Assaltantes roubam entregador e levam mais de R$ 9 mil em mercadorias

O veículo foi recuperado pela polícia, mas os produtos que seriam entregues não foram encontrados

Foto: Reprodução TV Vitória

Mais uma vítima da insegurança em Cariacica! Um entregador de mercadorias online foi abordado por criminosos armados e teve o carro utilizado para trabalhar roubado. O prejuízo passa de R$ 9 mil.

Há 12 anos na profissão, a vítima lembra do sufoco que passou na última segunda-feira (24), quando passava pelo bairro Novo Horizonte. Além de ter que lidar com a perda do carro que usava para o trabalho, terá que enfrentar uma burocracia enorme. 

O homem faz entregas de marcadoras compradas pela internet. Segundo a vítima, havia muita coisa de valor no baú do carro, que seriam distribuídas a clientes no momento do assalto. Roupas, ferramentas e até aparelhos celulares foram levados pelos criminosos. 

A vítima acionou a polícia, mas a demora para chegada da viatura deixou o entregador revoltado. Na terça-feira (25), ele recebeu uma ligação dos policiais,  que o informaram que o veículo foi encontrado em uma rua de Jardim Marilândia, em Vila Velha, mas que dentro não havia mais nada.

Depois de passar a manhã na Delegacia de Furtos e Roubos, ele ao menos pôde ir pra casa levando o veículo, mas insegurança deixada pelos bandidos continua.

A Polícia Civil informou, por meio de nota, que o caso segue sob investigação da Delegacia Especializada de Furtos e Roubos de Veículos (DFRV), e até o momento nenhum suspeito foi detido. O veículo foi recuperado nessa terça-feira (25), por meio da Polícia Militar, no bairro Jardim Marilândia, e foi restituído ao dono. A Polícia Civil destaca que a população tem um papel importante nas investigações e pode contribuir com informações de forma anônima através do Disque-Denúncia 181, que também possui um site onde é possível anexar imagens e vídeos de ações criminosas, o disquedenuncia181.es.gov.br. O anonimato é garantido e todas as informações fornecidas são investigadas.  

*Com informações da repórter Nathalia Munhão, da TV Vitória/Record TV.