• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Suspeito de matar jovem com deficiência mental em 2019 é preso na Serra

Polícia

Suspeito de matar jovem com deficiência mental em 2019 é preso na Serra

De acordo com a Polícia Civil (PCES), o homem preso é o líder de um dos maiores pontos de venda de drogas dos bairros Cascata e Santo Antônio

Foto: Divulgação/PCES
Maycon Aparecido dos Santos (foto), de 18 anos, foi morto em setembro do ano passado

A Polícia Civil (PCES) prendeu, na manhã desta quarta-feira (12) na Serra, o homem suspeito de matar um jovem, de 18 anos, em setembro do ano passado. A vítima, que possuía deficiência mental, era inocente e foi morto na frente da mãe e do irmão.

De acordo com a PC, o homem preso é o líder de um dos maiores pontos de venda de drogas dos bairros Cascata e Santo Antônio. O nome do suspeito não foi divulgado, mas a polícia acredita que foi ele quem mandou matar Maycon Aparecido dos Santos, de 18 anos.

No dia do crime, a polícia informou que Maycon avistou os suspeitos na rua e correu assustado para dentro de casa, no entanto, quatro homens entraram na residência e alvejaram o jovem com 18 tiros. Três suspeitos de participação no crime já estão presos e um adolescente, de 16 anos, ainda não foi apreendido.

Um dos executores é Fabrício Ferreira da Silva, o Magrim, de 24 anos, preso desde o ano passado. Ainda segundo a polícia, a vítima teria parentes ligados ao tráfico de drogas e essa pode ter sido a motivação do homicídio. "Foi um crime bárbaro. Mataram um inocente para atingir uma outra pessoa que é rival dentro do crime organizado", afirmou o delegado-geral da Polícia Civil, José Darcy Arruda.

Além do detido, foram apreendidos crack, maconha, cocaína, munições de diferentes calibre, balanças de precisão, material para embalo e preparo de drogas e a quantia de R$ 8 mil em espécie.

 Com informações da repórter Marla Bermudes, da TV Vitória/Record TV.