Mulher escapa de tiro em tentativa de assalto em Vila Velha

Polícia

Mulher escapa de tiro em tentativa de assalto em Vila Velha

A mulher e o irmão voltavam de um passeio em um shopping quando foram abordados pelo criminoso

Foto: Reprodução TV Vitória

Dois irmãos voltavam de um shopping em Vila Velha quando foram rendidos por um rapaz de moto. A mulher, de 29 anos, deu as costas para ele. O bandido atirou, mas errou o alvo.

O estudante de 22 anos, que durante a tentativa de assalto viu o criminoso atirar contra a irmã, contou que ela não sabia que o homem estava armado e que, por isso, deu as costas para ele. 

"No que ele anunciou o assalto, minha irmã se recusou, virou as costas e começou a andar. Ele puxou a arma da cintura e disparou".

O assalto aconteceu pouco depois de 15h deste domingo (01), no bairro Residencial Coqueiral, em Vila Velha. Os dois irmãos voltavam a pé de um shopping quando tudo aconteceu. 

"Estávamos voltando pra casa e quando viramos em uma esquina, o rapaz já estava sentado em uma moto, meio que esperando alguém passar. A gente passou e ele anunciou o assalto". 

No momento em que a irmã ouviu o barulho do disparo, saiu correndo. O estudante ficou de frente com o criminoso que revistou o jovem. 

"Ele me puxou, apontou a arma pra mim e começou a me revistar. Pegou minha carteira procurando dinheiro e não tinha. Jogou tudo no chão. Eu tava com uma sacola na mão que tinha comprado no shopping e ele rasgou tudo procurando alguma coisa". 

Momento de susto e ameaça

O momento de pânico parecia não ter fim. Insatisfeito por não ter conseguido roubar nada do jovem, o suspeito saiu e disse que ia atrás da irmã.

A mulher de 29 anos fugiu e conseguiu ajuda em um bar próximo ao local onde foi rendida pelo criminoso. O rapaz, depois de ficar na mira do revólver e ouvir que o suspeito iria atrás da irmã, também saiu correndo em direção ao bar para tentar ajudá-la.

"Eu corri atrás dela também. Na rua do lado, tinha um bar. Aparentemente, tinha um policial a paisana no bar que foi atrás do cara. Eu encontrei minha irmã dentro do bar em estado de choque". 

O irmão da mulher relatou que ficou muito tenso quando viu que algo pior poderia ter acontecido à irmã. 

"Quando eu vi que ela saiu correndo imaginei que poderia não ter pego, mas fiquei preocupado. Tanto que nem consegui prestar atenção no cara para poder passar para a policia".

De acordo com o jovem, a irmã ficou muito abalada e ainda se assusta quando escuta barulho de moto. 

A Polícia Civil informou que o caso foi registrado como tentativa de latrocínio e seguirá sob investigação. Até o momento, o suspeito ainda não foi detido. 

*Com informações da repórter Polyana Martinelli, da TV Vitória/Record TV.