Motorista que atropelou casal e matou mulher em Guarapari tem prisão preventiva decretada

Polícia

Motorista que atropelou casal e matou mulher em Guarapari tem prisão preventiva decretada

A decisão foi decretada nesta sexta-feira (27) pelo juiz da 1ª Vara Criminal de Guarapari. O enterro da vítima é neste sábado (28)

Redação Folha Vitória

Redação Folha Vitória
Foto: Divulgação

A motorista de 36 anos que atropelou e matou uma mulher na última quinta-feira (26), em Guarapari, após uma briga de trânsito, teve a prisão preventiva decretada.

A decisão foi decretada nesta sexta-feira (27) pelo juiz da 1ª Vara Criminal de Guarapari. O enterro da vítima é neste sábado (28), às 15h30, no Parque Paraíso, localizado no mesmo município, no bairro São José.

A responsável pelo atropelamento já deu entrada no Centro Prisional Feminino de Cariacica, onde permanecerá até o início do julgamento.

O advogado da família das vítimas, Lucas Francisco, explica que a prisão preventiva é uma medida cautelar: "Existe a prisão temporária e a preventiva, a primeira pode ter um prazo de 5 a 30 dias, de acordo com a tipificação do crime. Já a segunda não tem prazo determinado, então até que haja outra decisão, a suspeita responde em cárcere".

O advogado também explica que ainda não há sentença, já que a prisão preventiva é uma medida cautelar, e que o processo pode demorar anos.

Enterro da vítima 

Foto: Leitor/Marcos Santos

O enterro de Franciani Bueque da Silva, acontece às 15h30 deste sábado (28), no Parque Paraíso, que fica no bairro São Gabriel, em Guarapari.

A cerimônia contará com familiares e amigos de Franciani. O velório foi realizado durante a manhã.

O companheiro da vítima, Webster Luiz, de 19 anos, segue internado mas apresenta um quadro estável e já conversa com a família.