Polícia

Golpista vende carros de luxo roubados no Rio de Janeiro a vítimas no ES; adulteração surpreendeu até a polícia

Para o delegado, a adulteração era tão articulada que até o número do chassi recebia um novo código

Foto: Reprodução TV Vitória

Roberto José de Oliveira Filho, de 33 anos, está foragido da polícia. Ele é investigado por fraude em vendas de veículos de luxo. O esquema envolvia carros, que eram roubados no Rio de Janeiro, e vendidos com adulteração. 

Roberto já era investigado pela polícia há algum tempo por esse tipo de crime. Em dezembro passado e janeiro deste ano, ele recebeu R$ 179 mil de uma vítima que acreditava estar comprando um carro de luxo, no entanto, o veículo havia sido roubado no Rio de Janeiro. Na ocasião, Roberto chegou a ser preso, mas depois foi liberado.

De acordo com a polícia, o esquema é muito bem articulado. O criminoso se atenta aos mínimos detalhes do veículo para enganar as vítimas. Até o chassi do veículo é adulterado. 

O delegado da Polícia Civil, Guilherme Eugênio, explicou como os criminosos agem. "Uma organização criminosa do estado do Rio de Janeiro vem roubando veículos naquele estado e inserindo, nesses veículos, placas e outros sinais de identificação de veículos originais do Espírito Santo. Eles vendem esses veículos aqui, para compradores de boa fé, através de anúncios feitos na internet"

Para evitar cair nesse tipo de golpe, o delegado orienta que seja feita uma vistoria no carro. "O único meio de comprar um veículo com absoluta segurança sobre a origem dele é através de vistoria feita, tanto pela Polícia Civil, quanto por algumas empresas privadas, que prestam este serviço". 

Roberto foi autuado pelo crime de estelionato e adulteração de veículo, mas se encontra foragido. 

Pontos moeda