Adolescente é esfaqueada pelo enteado de 15 anos em Cariacica

Polícia

Adolescente é esfaqueada pelo enteado de 15 anos em Cariacica

A filha da vítima, de apenas 2 anos, presenciou a cena

Redação Folha Vitória

Redação Folha Vitória
Foto: Reprodução TV Vitória

Uma adolescente de 17 anos foi esfaqueada pelo próprio enteado, de 15 anos, na tarde desta terça-feira (21), no bairro Vista Dourada, em Cariacica. O crime aconteceu na frente da filha da vítima, de apenas dois anos de idade.

A menor mora com o companheiro, que tem 64 anos. A sobrinha da jovem disse que acredita que a tia foi esfaqueada porque o suspeito tinha ciúmes da vítima. Segundo ela, a moça estava na cozinha de casa quando o enteado chegou e esfaqueou a adolescente, sendo atingida no pescoço e também no olho.

Toda a ação aconteceu na frente da filha. De acordo com os parentes da vítima, a relação da família era boa e não entendiam o que poderia ter provocado a agressão.

"É uma relação tranquila, sem atritos. Ele trata ela bem. Não sei porque aconteceu isso tudo. Muito estranho. Essa é a primeira vez. Sempre viveram em harmonia, tem a mesma idade, ficavam juntos. Nunca vimos nada suspeito para chegar a esse ponto, essa violência", contou um familiar.

Poucas horas antes da tentativa de homicídio, a moça postou um vídeo com a filha e com o suspeito nas redes sociais, tudo aparentando estar normal.

A jovem foi socorrida pela equipe do Samu e chegou inconsciente no Hospital Estadual de Urgência e Emergência, em Vitória. Ainda não há informações sobre o estado de saúde da adolescente.

Já o suspeito fugiu e até o momento não foi localizado. O pai do rapaz contou que no momento da briga estava cuidando das crianças e não sabe o que motivou o crime.

>>> Leia também: VÍDEO | Morador de rua é ferido com uma barra de ferro durante briga na Expedito Garcia

A família da adolescente ferida espera que ela se recupere bem e que o suspeito seja punido pelo que fez.

"Ela vai sair dessa e vai contar o que aconteceu. Hoje ele está com 15, amanhã vai estar com 20 e pode fazer com outras meninas. Não teve consideração por ela, que está 24 horas com ele, imagina daqui pra frente. Espero que ele seja punido", disse um familiar da vítima.

*Com informações da repórter da TV Vitória/Record TV, Gabriela Valdetaro