Dupla é presa após gerar prejuízo milionário com golpe do 'falso trading'

Polícia

Dupla é presa após gerar prejuízo milionário com golpe do 'falso trading'

Junto do líder da quadrilha, que ainda está foragido, os suspeitos fizeram pelo menos 10 vítimas no Norte do Estado e um dos empresários enganados teve um prejuízo de aproximadamente R$ 300 mil

Redação Folha Vitória

Redação Folha Vitória

Duas pessoas que participavam de uma organização criminosa foram presas por aplicar golpes de investimento financeiro e gerar um prejuízo de mais de um milhão de reais no norte do Estado.

Junto do líder da quadrilha, que ainda está foragido, os suspeitos fizeram pelo menos 10 vítimas no norte do estado, um dos empresários enganados teve um prejuízo de aproximadamente R$ 300 mil.

O grupo criou um aplicativo que possibilitava à vítima acessar uma suposta conta de investimento para acompanhar o rendimento do dinheiro aplicado.

Mas o programa era manipulado pelos suspeitos e os valores que eram adicionados para gerar lucro não eram reais.

O líder da organização criminosa é Felipe Morais Correia de 34 anos e ainda está sendo investigado pela polícia.

A dupla presa era um casal que ostentava viagens nas redes sociais

Foto: Print / Redes sociais

A dupla presa era um casal. Aline Carlesso Bianchessi, de 29 anos, e um homem de 36 anos, que não teve o nome revelado pela polícia. Eles ostentavam viagens nas redes sociais.

O delegado Leandro Sperandio conta que o homem era o responsável por abordar as vítimas. 

"Ele se apresentava como um 'trader', uma pessoa especialista em fazer aplicações de retorno rápido no mercado financeiro. Nós prendemos a mulher em Aracruz e, no dia seguinte, prendemos o homem em João Neiva", explicou.

As vítimas da quadrilha moram na região de João Neiva, Ibiraçu e Aracruz.

O casal confessou o crime para a polícia, que continua investigando o integrante foragido. 

O Folha Vitória não conseguiu contato com a defesa do casal preso pela polícia. 

Com informações da repórter Rafaela Freitas, da TV Vitória/Record TV