Mãe e filha são assassinadas em Marataízes e ex-namorado é o principal suspeito

Polícia

Mãe e filha são assassinadas em Marataízes e ex-namorado é o principal suspeito

Charlene de Lenis Gonçalves e a filha, Isaquiele Júnia Gonçalves de 11 anos, foram mortas na noite desta quarta-feira

Foto: Reprodução

Um crime chocou os moradores do bairro Barra de Itapemirim, em Marataízes, no Sul do Estado, na noite desta quarta-feira (15). Uma mulher e sua filha foram mortas à facadas. O companheiro da mãe é o principal suspeito do crime.

De acordo com a Polícia Militar, Charlene de Lenis Gonçalves e a filha dela, Ysaquiele Júnia Gonçalves de 11 anos, foram esfaqueadas pelo ex-namorado da mulher. 

Segundo o delegado que atendeu a ocorrência, a mulher e o suspeito tiveram relacionamento amoroso por três anos. Por não aceitar mais ser agredida, ela decidiu terminar com ele e se mudou para Marataízes, pois moravam em Cachoeiro. O delegado afirma que não foram localizadas denúncias anteriores de agressão por parte da vítima.

Nesta quarta, por volta das 19 horas, o suspeito chegou na residência da vítima com uma faca de, aproximadamente, 40 centímetros de lâmina. O delegado destaca que isso mostra que ele já estava com intenção de cometer o crime.

O suspeito pulou o muro da casa e se deparou, na parte externa, com a vítima, vindo a golpeá-la em seguida. A menina tentou ajudar a mãe e também foi atingida. Uma testemunha chegou e o criminoso já realizava o último golpe na vítima.

Foto: Reprodução

As vítimas foram encaminhadas para o atendimento médico em um hospital, mas Lenis morreu em seguida. Isaquiele chegou a ser transferida para a Santa Casa de Misericórdia de Cachoeiro, mas também morreu em seguida.

O suspeito, identificado como Michael Prates Garcia, 31 anos, foi detido por agentes da Guarda Municipal de Marataízes. Ele estava com ferimentos no pulso, que teriam sido causados por ele mesmo. 

Segundo a Polícia Militar, o suspeito foi autuado por duplo feminicídio e encaminhado para o presídio de Marataízes.

Filha da vítima relata dor da perda da mãe e da irmã

Em uma rede social, uma outra filha da vítima publicou um relato emocionante sobre a dor da perda da mãe e da irmã mais nova. No relato, ela citou que a irmã morreu ao tentar salvar a mãe.

Veja:

Foto: Reprodução/Facebook