Polícia identifica responsável por roubar celular de idosa em Cariacica

Polícia

Polícia identifica responsável por roubar celular de idosa em Cariacica

A mãe do rapaz de 22 anos o acompanhou até a Delegacia de Campo Grande em Cariacica na manhã desta quarta-feira (29), onde o jovem se apresentou ao delegado

Redação Folha Vitória

Redação Folha Vitória

A polícia identificou o responsável por roubar o celular de uma senhora, de 82 anos, em Cariacica. A mãe do rapaz de 22 anos o acompanhou até a Delegacia de Campo Grande, na manhã desta quarta-feira (29), onde o jovem se apresentou ao delegado.

A mulher confirmou que o filho é o suspeito, que foi flagrado por câmeras de segurança, puxando a bolsa de uma senhora de muleta, há pouco menos de um mês, no bairro Morada de Santa Fé.

Nas imagens, a mulher está próxima a um carro estacionado e se movimenta com dificuldade. O rapaz faz a abordagem ainda na bicicleta e parece segurar uma arma.

Ele joga a bicicleta no chão e puxa a bolsa da idosa que tenta resistir, mas o assaltante consegue tirar a bolsa, pega a bicicleta e foge logo depois.

O filho da vítima que preferiu não se identificar contou à equipe da TV Vitória/Record TV que a família ficou revoltada: "Minha mãe é uma senhora de idade que usa bengala e o cara, mesmo assim, a abordou. Podia ter machucado a minha mãe e isso foi o que mais nos revoltou".

Polícia localizou o celular roubado 

Foto: Reprodução TV Vitória

A família da vítima registrou o boletim de ocorrência pela internet e a polícia conseguiu localizar o celular da idosa. O aparelho estava com a vizinha da mãe do assaltante.

Ela disse à polícia que comprou o aparelho do rapaz para ajudá-lo a pagar dívidas com o tráfico de drogas.

O delegado André Landeira contou que o jovem de 22 anos fugiu de casa, quando viu a polícia se aproximando, mas foi aconselhado pela mãe a se entregar.

Ele reforçou a importância de registrar o boletim de ocorrência: "Esse caso é um exemplo do quão importante é o documento. A família não precisou pisar na delegacia para registrar o crime e o caso foi solucionado com base nas informações fornecidas no boletim".

* Com informações da repórter Fernanda Batista da TV Vitória/Record TV