Presidiário é morto no Centro de Vitória horas após ganhar saída temporária

Polícia

Presidiário é morto no Centro de Vitória horas após ganhar saída temporária

A polícia acredita que a morte do presidiário tenha sido um acerto de contas. Ele deixou a prisão na noite de sexta-feira e retornaria no próximo dia 17

A vítima foi assassinada próximo ao Parque Moscoso Foto: TV Vitória

Um presidiário, que recebeu o benefício da saída de dia das crianças, foi morto a tiros no Centro de vitória. O crime aconteceu às 21 horas na última sexta-feira (10). Geraldo Dias dos Santos foi morto com seis tiros na Rua Padre José Anchieta, atrás do Parque Moscoso.

Próximo ao corpo de Geraldo ficou a mala que a vítima levada. Segundo a polícia, no bolso dele foi encontrado um documento referente a saída temporária de Dia das Crianças. Ele deixou a prisão na noite de sexta-feira (10), e retornaria no próximo dia 17. 

Segundo testemunhas, a vítima passava pela rua quando dois homens chegaram em uma moto amarela. Eles disparam varias vezes contra Geraldo e depois fugiram.

Os peritos analisaram as imagens da câmera de segurança de um prédio, que fica em frente ao local do crime, mas o equipamento não flagrou a ação. Os policiais acreditam que o assassinato tenha sido um acerto de contas.

A Secretária De Justiça do Estado (Sejus) informou que 1.673 internos que cumprem pena em regime semiaberto receberam o benefício da saída temporária. Os requisitos para os internos receberem o benefício são: bom comportamento e tempo de cumprimento de pena. Mas também há exigências para o interno, que são voltar para o presídio no dia e horário combinados, além de não cometer nenhum ato ilícito, não frequentar locais como bares, bailes e festas e permanecer em casa durante a noite.