• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Morte de idoso por espancamento deixa moradores preocupados em Vila Velha

Polícia

Morte de idoso por espancamento deixa moradores preocupados em Vila Velha

De acordo com informações da polícia, a casa do aposentado estava toda revirada e o corpo foi encontrado pela filha dele, ainda amordaçado, na noite de quarta-feira

Depois de saber sobre o crime, os moradores ficaram preocupados Foto: TV Vitória

Os moradores do bairro Alvorada, em Vila Velha, estão assustados com a morte do aposentado Jorge Ferreira Santos, de 81 anos. O idoso foi espancado até a morte e o corpo foi encontrado pela filha dele, na noite da última quarta-feira (5).

“Seu Jorge era uma pessoa muito séria, muito honesta. Bom vizinho e acho que ninguém aqui tem algo contra ele”, disse uma das moradoras, que preferiu não ser identificada.

De acordo com informações da polícia, a casa do aposentado estava toda revirada e o corpo foi encontrado pela filha dele, ainda amordaçado. Segundo os vizinhos, uma movimentação estranha chamou a atenção deles.

Depois de saber sobre o crime, os moradores ficaram ainda mais preocupados. “A gente se assustou, não dormiu a noite preocupado. Se fosse uma doença e achasse ele morto, a gente ia até aceitar porque ele sempre morou sozinho. Mas dessa forma? Nós estamos apavorados”, explicou a moradora.

Segundo a vizinhança, quatro rapazes estavam na frente da casa do aposentado e gritavam pelo nome dele. Como ninguém respondeu, eles perguntaram se tinham visto Jorge, mas ninguém soube dizer onde ele estava.

Quando a filha chegou na casa do pai, por volta das 23 horas de quarta-feira, se deparou com o idoso morto dentro do quarto.

“Ela falou que encontrou com ele no sábado, almoçou com ele na casa dela porque havia chegado de viagem. Na segunda, ela começou a ligar para ele e achou estranho porque não atendia o telefone. Na terça-feira também ela ligou e ontem [quarta] ela resolveu vir aqui confirmar se ele estava em casa passando mal”, revelou a moradora.

A polícia informou que o aposentado tinha o hábito de emprestar dinheiro e trabalhava com venda de jóias. Um dos carros do idoso foi levado pelos criminosos, mas os investigadores não acreditam em latrocínio, roubo seguido de morte. 

O caso vai ser investigado pela Delegacia de Crimes Contra a Vida de Vila Velha e a polícia civil informou que até o momento ninguém foi detido.