Bando entra em hospital e rouba remédios de combate ao câncer

Polícia

Bando entra em hospital e rouba remédios de combate ao câncer

Duas funcionárias da limpeza foram rendidas pelos suspeitos durante o assalto. Uma delas conseguiu fugir e chamou um colega, que as libertou. Os crachás de identificação das funcionárias foram levados pelos assaltantes

Uma quadrilha entrou no Hospital Paulistano, na Bela Vista, no centro de São Paulo, no dia 8 de outubro e roubou medicamentos para tratamento de câncer. Segundo o delegado Gilmar Contreira, titular do 5° DP, onde a ocorrência foi registrada, o valor total dos remédios roubados da farmácia oncológica é de R$ 2.108.628,20.

De acordo com informações do boletim de ocorrência do caso, os cinco criminosos invadiram a recepção do hospital e foram até a farmácia.

Usando um pé de cabra, eles arrombaram a porta da farmácia e dois suspeitos — que usavam roupa de enfermeiro — entraram no local, abriram a geladeira que estava trancada com um cadeado e roubaram os medicamentos.

Duas funcionárias da limpeza foram rendidas pelos suspeitos durante o assalto. Uma delas conseguiu fugir e chamou um colega, que as libertou. Os crachás de identificação das funcionárias foram levados pelos assaltantes.

Após o roubo, os suspeitos saíram sem serem notados. Nenhum suspeito foi preso até o momento.

O hospital se manifestou por meio de nota e disse que “intensificou as medidas de segurança, em decorrência de ação criminosa em sua farmácia oncológica”.

”A instituição instalou uma porta blindada na entrada da farmácia, aumentou sua equipe de segurança e reforçou os controles internos de acesso”, diz a nota.

O hospital manifestou, ainda, preocupação com “o fato de unidades assistenciais serem alvo de criminosos” e disse que “colabora integralmente com as autoridades policiais nas investigações”.

Com informações do Portal R7.