Dupla é presa suspeita de espancar enfermeira em Nova Venécia

Polícia

Dupla é presa suspeita de espancar enfermeira em Nova Venécia

Allender Dona Paixão e Braz Veloso Pianissoli foram detidos na zona rural do município. Vítima prestou depoimento nesta terça-feira

Dois suspeitos de agredir a enfermeira Géssica de Sá Soto, de 26 anos, em Nova Venécia, no Noroeste do Estado, foram presos na tarde desta terça-feira (17). Allender Dona Paixão, de 29 anos, e Braz Veloso Pianissoli, de 24, a prisão foi feita pela equipe da Delegacia de Nova Venécia, com o apoio da Polícia Militar, na zona rural do município.

De acordo com a Polícia Civil, os suspeitos foram presos mediante cumprimento de mandado de prisão preventiva, representada nesta segunda-feira (16) e expedido e cumprido na tarde desta terça. Allender e Braz foram autuados pelo crime de tentativa de homicídio e encaminhados para o presídio de São Mateus.

Géssica foi espancada por três homens durante uma confraternização de um time de futebol de Nova Venécia. Ela teria tentado separar a briga de uma amiga com uma outra mulher, namorada de um dos agressores, e foi agredida no momento em que saía da festa.

Depoimento

Também na tarde desta terça-feira, a vítima prestou depoimento à polícia do município. Géssica foi deslocada por uma ambulância e chegou à DP de Nova Venécia com muita dificuldade para caminhar. 

De acordo com familiares, a jovem ainda está muito debilitada e, após o depoimento, voltou para o hospital Roberto Silvares, em São Mateus. Os médicos disseram que vai ser preciso realizar uma cirurgia na região do maxilar e que a enfermeira deverá ser liberada em 15 dias.

Na segunda-feira, dois suspeitos haviam prestado depoimento na delegacia de Nova Venécia, mas acabaram sendo liberados. O outro suspeito teria se apresentado à polícia de São Mateus no dia anterior.