Pais de criança encontrada morta em motel na Serra são autuados por homicídio

Polícia

Pais de criança encontrada morta em motel na Serra são autuados por homicídio

Eles foram ouvidos na DHPP, na tarde desta terça-feira, e foram liberados após o pagamento de fiança

Os pais da menina de 1 ano e 8 meses, que foi encontrada morta na piscina de um motel em Jardim Limoeiro, na Serra, na manhã desta terça-feira (17), foram autuados por homicídio culposo pela morte da criança. A informação é do advogado do casal, Julio Cesar Randow Santana. A Polícia Civil, no entanto, ainda não confirmou a informação e disse apenas que o caso segue sob investigação.

Ainda segundo o advogado, os pais da menina pagaram a fiança e foram liberados da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), onde prestaram depoimento durante a tarde. O valor da fiança não foi divulgado.

"O pai comunicou à gerência do motel e, de imediato, chamou o Samu e convocou a polícia para ir ao local. A Polícia Militar foi ao local de imediato. É um casal que está sofrendo muito, foi uma fatalidade. Eles foram ao IML para liberar o corpo e seguir viagem para a Bahia. Eles estão indo para enterrar o ente querido deles", afirmou o advogado.

> Crianças podem entrar em motel? Entenda

Já o corpo da criança foi encaminhado para o Departamento Médico Legal (DML) de Vitória, onde foi liberado pela avó materna no início da noite. Informações sobre o velório e o enterro da criança ainda não foram divulgadas pelos familiares.

A avó veio da Bahia e chegou à DHPP por volta das 16 horas desta terça. Outros familiares também estiveram na DHPP ao longo da tarde. Eles contaram que a família havia saído da Bahia e o destino era Viana. O casal viajava a trabalho. 

O pai da menina é capixaba, empresário e tem 40 anos. Já a mãe é baiana e tem 23. Segundo a polícia, o casal chegou à Serra, na noite de segunda-feira (16), e resolveu pernoitar no motel. A suspeita é de que a criança tenha acordado no meio da noite e foi direto para a piscina, onde caiu e se afogou.