• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Detento é alvo de 25 tiros minutos depois de deixar prisão para 'saidinha' em Vila Velha

Polícia

Detento é alvo de 25 tiros minutos depois de deixar prisão para 'saidinha' em Vila Velha

O detento estava no banco do carona e foi atingido por quatro tiros. Três no abdome e um na cabeça. O amigo dele, que dirigia o veículo, foi baleado três vezes. Um tiro no pescoço, outro de raspão na cabeça e um na mão esquerda

Foto: Reprodução TV Vitória

Um detento foi alvo de pelo menos 25 disparos de arma fogo na manhã de quarta-feira (9). Por conta do Dia das Crianças, o rapaz ganhou direito a "saidinha". Um amigo foi buscá-lo no presídio de Xuri, em Vila Velha, e logo em seguida foram baleados. 

Marlos Gomes Borges havia acabado de deixar o presídio e entrou no carro de um amigo da família. No banco de trás, havia duas mulheres. Cerca de 200 metros de distância do presídio, no meio da BR 101, um outro veículo deu uma fechada no carro em que estavam e os ocupantes começaram a atirar. Foram pelo menos 25 tiros. Após os disparos, os suspeitos fugiram sentido Viana.

O detento estava no banco do carona e foi atingido por quatro tiros. Três no abdome e um na cabeça. O amigo dele, que dirigia o veículo, foi baleado três vezes. Um tiro no pescoço, outro de raspão na cabeça e um na mão esquerda. As duas mulheres que estavam no banco de trás não foram baleadas. Mesmo baleado, o motorista conseguiu dirigir até o pedágio de Guarapari, onde pediu ajuda. Os dois foram socorridos para um hospital de Vitória.

Ainda pela manhã desta quarta-feira (9), o delegado do Departamento de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP) de Guarapari iniciou as investigações. O amigo do detento possui passagens pela polícia, por roubo, mas tem alvará de soltura. 

O detento está internado em estado grave. Ele foi detido por tráfico de drogas e já tem várias passagens pela justiça. De acordo com a polícia, até o momento nenhum suspeito foi preso. O caso foi entregue para a Polícia Civil.