Polícia

Suspeito de agredir esposa com golpes de faca após pedido de separação é preso em boate

Matherson Marinho Batista é acusado de agredir a mulher na frente das filhas do casal na casa em que eles moravam, no Ibes. Crime aconteceu em fevereiro

Foto: Reprodução

Um homem suspeito de agredir com golpes de faca a própria companheira, em fevereiro deste ano, foi preso na madrugada deste sábado (26), em uma boate de Vila Velha. O crime teria ocorrido após a esposa pedir a separação.

Matherson Marinho Batista teria agredido a mulher na frente das filhas do casal na casa em que eles moravam, no bairro Ibes. Segundo a vítima, depois da agressão, o homem ainda voltou a ameaçar ela e a família de morte.

O indivíduo foi levado para a Delegacia Regional de Vila Velha. O motivo exato do mandado de prisão, porém, não foi informado pela polícia. Do local, o homem foi encaminhado para o Centro de Triagem de Viana (CTV).

Crime recorrente

De acordo com a vítima, essa não é a primeira vez que ela é vítima de violência por parte do marido. Em novembro de 2017, ela acionou a polícia após sofrer várias agressões. O companheiro chegou a ser preso e ficou três meses na cadeia. Quando saiu, eles reataram o relacionamento.

"Eu ficava postergando [o término do relacionamento]. Mas eu cheguei no meu limite. Eu só quero ter paz para poder viver a minha vida. Só isso", declarou a vítima.

Desta vez a vítima também registrou boletim de ocorrência e recebeu uma medida protetiva. A ordem era de que o suspeito mantivesse, no mínimo, 300 metros de distância, além de não poder entrar em contato com a vítima e nem frequentar os mesmos lugares que ela. 

Na época, ela já demonstrava preocupação com prováveis futuras ameaças. "Hoje minhas quatro filhas iriam estar sem mãe se eu não fizesse nada para mudar isso", desabafa.

* As informações são da repórter Nathália Munhão, da TV Vitória/Record TV

Pontos moeda