Preso suspeito de matar homem dentro de carro em Cariacica

Polícia

Preso suspeito de matar homem dentro de carro em Cariacica

Ele estava junto com mais três pessoas quando foi abordado pela polícia. Todos foram detidos em Guarapari e encaminhados para a delegacia do município

O suspeito confessou o crime Foto: TV Vitória

Poucas horas depois de um assassinato, em Cariacica, o suspeito do crime foi preso em Guarapari. De acordo com a polícia, ele confessou o assassinato. Além dele, outras três pessoas foram encaminhadas para a delegacia, entre eles uma adolescente de 17 anos. 

De acordo com a polícia, os policiais desconfiaram do veículo, que chamou a atenção por ter os vidros bastante escuros, além de placas de outro município e estar passando pela região por volta das 2 horas em baixa velocidade.

Ao fazerem a abordagem, o trio se recusava a sair do automóvel. Depois de alguns minutos, os dois homens saíram e foram revistados. A jovem sentou no chão com as mãos na barriga, afirmando que estava passando mal. Os policiais não acreditaram nessa história e quando a adolescente levantou, os PMs viram que ela carregava na cintura um revólver calibre 38 e uma pistola 380.

Os militares levaram os três para a delegacia do município quando o Ciodes informou que as características de um dos presos  eram as mesmas de um suspeito de envolvimento em homicídio. Ao questionarem os detidos, um deles confessou o crime.

O crime aconteceu no bairro Porto Velho Foto: TV Vitória

Eduardo Meirelles Bonfim, de 34 anos, conhecido como Dentinho, afirmou ter sido o autor dos disparos que mataram Giovanildo Santos de Oliveira, de 19 anos, e feriu um rapaz de 20 anos, na noite de quinta-feira (17), no bairro Porto Velho, em Cariacica. O carro onde Dentinho estava emparelhou com o veículo das vítimas e o suspeito atirou diversas vezes.

Segundo a polícia, o suspeito tentou dificultar a abordagem dando um nome falso. Ele se apresentou inicialmente como Darcy. O rapaz já possui diversas passagens pela Justiça e havia fugido da prisão há cerca de um mês.

O outro detido, identificado como Genivaldo Matias, de 43 anos, era quem dirigia o carro. Os dois detidos e a adolescente apreendida foram levados para a Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) em Vitória. A motivação do crime será investigada pela Polícia Civil.