Motoboy desaparece após entregar remédios no condomínio Ourimar

Polícia

Motoboy desaparece após entregar remédios no condomínio Ourimar

Até o momento não se sabe a motivação do crime; a família do rapaz está em desespero em busca da vítima

Foto: Reprodução / TV Vitória

Apesar dos constantes relatos de violência e criminalidade, o condomínio Ourimar, na Serra, apresentou certa tranquilidade nos últimos meses, mas a situação mudou na manhã desta segunda-feira (9), após um motoboy realizar uma entrega de remédios no local. O rapaz foi espancado, colocado no porta-malas de um carro e, desde então, não foi mais visto. A família está desesperada à procura da vítima.

De acordo com a moradora que acompanhou a cena, tudo aconteceu no momento em que o motoboy chegou ao condomínio. Ele foi abordado por supostos criminosos que o levaram até a parte de trás do local e depois o colocaram dentro do porta-malas de um carro. Essa mesma moradora decidiu acionar a polícia.

A equipe do jornal Cidade Alerta, foi até a farmácia em que o motoboy trabalha. O estabelecimento fica no bairro Feu Rosa, bairro vizinho de Ourimar.  No local, a informação é de que o rapaz teria começado a trabalhar como entregador no último dia 28 de outubro e ninguém na farmácia imagina a causa do crime ou o que pode ter acontecido com o motoboy.

Um funcionário da farmácia contou que, apesar do condomínio ser perigoso, os motoboys nunca tiveram dificuldade de fazer entregas no local. Policiais foram até o condomínio para verificar a placa da moto utilizada no dia do crime, mas nenhuma restrição foi encontrada. PM's também se dirigiram à farmácia na tentativa de investigar a motivação da agressão e do sumiço do rapaz.

* Com informações do repórter Arleson Schneider, da TV Vitória/Record TV.