Foragido da Justiça é morto com vários tiros na cabeça na Serra

Polícia

Foragido da Justiça é morto com vários tiros na cabeça na Serra

Silas estava acompanhando de um rapaz que, assim que ouviu os disparos, fugiu em direção a um matagal. A vítima havia ido visitar a mãe que mora no bairro

A vítima foi morta com cinco tiros Foto: TV Vitória

Um bombeiro hidráulico foi morto a tiros na noite da última sexta-feira (20), no ponto final do bairro Eldourado, na Serra. Próximo ao local do crime havia uma pichação com o nome da vítima. A polícia suspeita que a morte tenha relação com o tráfico de drogas.

Segundo a polícia, o bombeiro hidráulico, Silas Lima Sales, de 27 anos, foi morto com cinco tiros, a maioria na cabeça. Ao lado do corpo, os peritos encontraram capsulas de calibre 380. Alguns parentes estiveram no local e muito abalados não quiseram dar entrevista. 

Silas tinha passagens na Justiça por tráfico de drogas e em 2012 chegou a fugir do sistema prisional, mas foi recapturado. Nas costas da vítima havia uma arma tatuada.

Segundo informações de testemunhas passadas para a polícia, Silas estava acompanhando de um rapaz que, assim que ouviu os disparos, fugiu em direção a um matagal. A polícia ainda não sabe como o crime aconteceu.

Um irmão da vítima contou ao policiais que Silas atualmente morava em Manguinhos, também na Serra, com a esposa, que está grávida de três meses, e na última sexta-feira foi ao bairro visitar a mãe. No final da tarde saiu para visitar alguns amigos, mas acabou assassinado. 

As investigações ficarão a cargo da Delegacia de Crimes Contra a Vida (DCCV) da Serra. A polícia ainda não tem nenhum suspeito, mas acredita que os autores do crime tenham fugido a pé.